Erick Silva treina com Silvério e quer resgatar raiz no Jiu-Jitsu

Share it
Victor Silvério trabalha a passagem de guarda no Jiu-Jitsu. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

Victor Silvério trabalha a passagem de guarda no Jiu-Jitsu. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

O atleta do UFC Erick Silva (16v, 5d) vai ter um novo professor para comandar seus treinos de Jiu-Jitsu. Na busca por treinadores com nível alto de Jiu-Jitsu, Erick e seu empresário Duda Mauro convocaram Victor Silvério, perigoso faixa-preta da GFTeam.

Campeão peso médio e vice-campeão absoluto do Floripa Open, Victor vibrou com a chance de treinar com mais uma fera do Ultimate.

“O Erick Silva tem um novo empresário, o Duda Mauro, que tem relação com a Fortfit. Meu amigo Italo Lins era professor de Jiu-Jitsu nessa academia e o Duda pediu alguém mais ou menos do peso do Erick para que pudesse treiná-lo. O Italo deu meu nome, o Duda e o Erick gostaram, nos reunimos e combinamos tudo”, comenta o lutador de 23 anos.

Silvério também conta como vai funcionar o treino de Jiu-Jitsu com o capixaba.

“Vamos procurar treinar mais vezes do que ele vinha treinando. Trabalhar muita escolinha para resgatar a raiz, o que ele sempre soube. Vou tentar colocar treino de pano também, pois acho que só assim é possível lapidar o Jiu-Jitsu de verdade. Ainda não treinei com ele, mas sei que tem habilidade no chão, tanto que começou no Jiu-Jitsu. O Erick veio deixando a parte de chão um pouco de lado e precisamos retomar isso. Esse é meu objetivo, colocar um foco maior na parte de chão do que vinha colocando”, diz Victor.

O aluno de Julio Cesar e companheiro de treinos de Rodolfo Vieira manifestou o desejo de fazer a transição para o MMA em pouco tempo.

“Quero fazer isso logo! Já comecei a treinar boxe com meu professor Gabriel Lusquinos, do Celeiro do Boxe. Acho que tenho evoluído rápido e pretendo migrar para o MMA depois do Mundial 2015. Estou confiante no Mundial, sei que posso ganhar. Então quero esperar isso primeiro. Enquanto isso vou melhorando a parte em pé”.

“Não quero que aconteça o mesmo que vemos com vários que acabam não conseguindo se desapegar dos campeonatos de Jiu-Jitsu, que sentem um pouco de receio de deixarem um esporte cheio de conquistas para começar outro do zero. Quero fazer como o Cara de Sapato, que lutou por pouco tempo de preta e depois foi pro MMA”, planeja o faixa-preta.

banner_rodape_site_kimono_preto

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *