Charles do Bronx e a confiança no Jiu-Jitsu para vencer Nick Lentz no UFC

Share it
Do Bronx após sua vitória sobre Andy Ogle no UFC. Foto: Willian Lucas/InovaFoto

Do Bronx após sua vitória sobre Andy Ogle no UFC. Foto: Willian Lucas/InovaFoto

Três anos e dois meses depois do primeiro confronto contra Nik Lentz, Charles do Bronx, enfim, terá a chance de encarar novamente o norte-americano para confirmar sua superioridade dentro do octógono, dessa vez entre os pesos-pena.

Nesta sexta-feira, dia 5 de setembro, o brasileiro entra no octógono do UFC Fight Night 50, em Connecticut, nos Estados Unidos, almejando entrar no Top 10 da categoria, onde atualmente figura seu adversário. Atualmente na 14ª colocação, seis abaixo de Lentz, Do Bronx acredita que a “revanche” tem tudo para ser uma luta épica.

Em julho de 2011, Charles teve o braço levantado após finalizar Nik Lentz com um mata-leão. Porém, após o duelo, a Comissão Atlética de Nevada reviu o resultado e declarou ‘No Contest’ (sem resultado) porque o brasileiro teria desferido uma joelhada ilegal, apesar de acidental, no rosto do americano. E a decisão adversa acabou ficando entalada na garganta de Charles, que precisou fazer sete lutas antes de ter o pedido de um novo combate contra Lentz atendido pela organização.

“Esperei muito por essa luta contra o Lentz e o momento chegou. Não tenho nada contra ele, mas precisava desse confronto para mudar o que ficou daquela luta”, comenta o lutador do Guarujá, Grande São Paulo, aguardando por um embate complicado: “Vai ser muito difícil. Daquele período para hoje, tanto eu quanto o Nik Lentz evoluímos demais. Tenho certeza que a vitória vai me colocar entre os dez primeiros do ranking. Isso vai me dar moral para continuar seguindo meus sonhos e estar entre os melhores. Será uma luta épica”.

Apesar da gana para vencer o adversário e sonhar com um novo confronto contra o norte americano, o peso pena garante que não tem nenhuma rixa pessoal com o rival. Pelo contrário. Do Bronx evita apimentar o confronto e prefere elogiar a técnica do adversário.

“O Nik Lentz está com o boxe e o Jiu-Jitsu afiado, pelo que tenho acompanhado. Estou com 100% de confiança que posso vencer. Me preparei forte pensando muito neste duelo. Ajeitei algumas estratégias no meu jogo para não ser surpreendido. É a hora de mostrar todo meu potencial”, garante.

Confiança no Jiu-Jistu

Para buscar a terceira vitória consecutiva na organização, Charles, que ostenta um cartel de 18 vitórias e apenas quatro derrotas, sendo seis no UFC, apostou nos treinamentos ao lado de um de seus mentores, Jorge Patino Macaco, além de seu treinador, Ericson Cardozo, e confia na especialidade da casa, o Jiu-Jitsu, para acabar com o confronto antes mesmo da decisão dos juízes.

“O Macaco como sempre foi de fundamental importância para meu camp, assim como o Ericson. Chegou ao Brasil um mês antes da viagem e agora está ao meu lado novamente. Com ele aprendo e evoluo cada vez mais. Não quero levar esta luta até o final. Quero finalizar antes. Se puder nocautear, seria ótimo, mas o chão é minha casa. Ali me garanto”, confia Do Bronx, que obteve todas as seis vitórias na franquia por finalização.

UFC Fight Night: Jacaré x Mousasi
Connecticut, EUA
5 de setembro de 2014

Ronaldo Jacaré x Gegard Mousasi
Alistair Overeem x Ben Rothwell
Matt Mitrione x Derrick Lewis
Joe Lauzon x Michael Chiesa
Charles do Bronx x Nik Lentz
John Moraga x Justin Scoggins

Card preliminar

Rodrigo Damm x Al Iaquinta
Rafael “Sapo” Natal x Chris Camozzi
Chris Beal x Tateki Matsuda
Sean Soriano x Chas Skelly

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *