TJ Dillashaw nocauteia Joe Soto no quinto assalto do UFC 177

Share it
TJ Dillashaw comemora o nocaute sobre Soto. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

TJ Dillashaw comemora o nocaute sobre Soto. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Mais uma edição do UFC foi pra conta. O evento de número 177 do Ultimate, realizado em Sacramente, nos EUA, no último sábado, dia 30 de agosto, teve na luta principal o nocaute de TJ Dillashaw sobre Joe Soto, em luta válida pelo cinturão peso-galo do UFC. O combate seria contra Renan Barão, em aguardada revanche, mas o brasileiro sofreu um acidente no corte de peso e foi tirado do combate.

No co-evento principal, Tony Ferguson e Danny Castillo fizeram movimentada luta no solo, e Fergunson levou na decisão dividida. Dois brasileiros que atuaram no card, Bethe Correia e Carlos Diego venceram por nocaute técnico. Confira os destaques:

TJ vence de ponta à ponta e fecha com nocaute

Na luta principal do evento, TJ Dillashaw entrava no cage para defender pela primeira vez seu cinturão peso-galo do UFC, este surrupiado de Renan Barão meses atrás. Seu adversário seria o próprio Barão, mas com os problemas no corte de peso o Ultimate escalou Joe Soto para o combate.

Com a mudança de adversário no dia da pesagem, as expectativas eram baixas contra o estreante Soto ao encarar o loiro que havia destronado Barão após uma invencibilidade de nove anos, mas não foi bem assim.

Esperto na trocação, Soto vendeu caro no combate. Aceitou a trocação, encaixou ótimos golpes e se manteve ativo na luta. Porém, o ex-campeão peso-pena do Bellator não foi páreo para a velocidade e precisão de Dillashaw, que foi superior nos cinco assaltos do combate.

Para premiar sua primeira defesa com a cereja do bolo, TJ partiu pra cima no último assalto e conectou uma bela pernada de direita na cabeça de Soto. Este apagou ainda em pé, recebeu mais um golpe na passada e foi declarado nocauteado pelo campeão no quinto assalto. (REVEJA AQUI)

Campeão de Jiu-Jitsu, Carlos Diego vence com nocaute técnico

Na segunda luta do card principal, Carlos Diego Ferreira entrava armado com sua faixa-preta de Jiu-Jitsu para encarar o complicado Ramsey Nijem na divisão peso leve do UFC. Porém, nada de Jiu-Jitsu para definir o combate.

Aceitando a trocação e partindo com tudo para cima, Carlos Diego mostrou estar com o jogo de socos tão bom quanto sua habilidade no solo. Nijem ainda tentou algumas quedas, mas o faixa-preta sempre dava um jeito de escapar e subir.

No ponto alto do combate, no segundo assalto, Diego desviou de um soco e conseguiu encaixar um cruzado de direita que desmontou Nijem. Alguns golpes por cima e vitória por nocaute técnico para o brasileiro. (REVEJA AQUI)

Bethe aplica sequência, vence e pede Ronda

Ainda no card principal, Bethe “Pit Bull” Correia encarou Shayna Baszler na divisão peso-galo feminino do UFC. Baszler, grappler de origem, tentou travar e aplicar o Jiu-Jitsu contra Bethe. Até um triângulo perigoso foi encaixado contra a brasileira, mas esta conseguiu escapar e colocar seu boxe em prática.

Com um jogo de golpes de tirar o fôlego, Bethe conseguiu encaixar bela sequência no segundo assalto. Com Shayna apenas na defensiva, a Pit Bull socou e socou até obrigar o árbitro a encerrar o combate, com Baszler ainda de pé. (REVEJA AQUI)

Após a vitória, Bethe pediu a palavra e endereçou um recado à campeã Ronda Rousey: “Eu vou me aposentar invicta no UFC. Venha tentar tirar minha invencibilidade!”, disse a casca-grossa, que agora acumula nove vitórias.

Confira os resultados completos:

UFC 177: Dillashaw x Soto
Sacramento, EUA
30 de agosto de 2014

TJ Dillashaw nocauteou Joe Soto aos 2min20s do R5
Tony Ferguson venceu Danny Castillo na decisão dividida dos jurados
Bethe Correia venceu Shayna Baszler por nocaute técnico aos 1min56 do R2
Carlos Diego Ferreira venceu Ramsey Nijem por nocaute técnico a 1min53s do R2
Yancy Medeiros finalizou Damon Jackson na guilhotina invertida a 1min54s do R2 (REVEJA AQUI)

Card preliminar

Derek Brunson venceu Lorenz Larkin na decisão unânime dos jurados
Anthony Hamilton venceu Ruan Potts por nocaute técnico aos 4min17s do R2
Chris Wade finalizou Cain Carrisoza na guilhotina a 1min12s do R1

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *