Hernani Perpétuo afasta nervosismo da estreia para vencer no UFC de sábado

Share it

Em seu debute no Ultimate, Perpétuo foi superado na decisão dividida. Foto: UFC

Em seu debute no Ultimate, Perpétuo foi superado na decisão dividida. Foto: UFC

Uma das grandes revelações da academia Nova União, Hernani Perpétuo entra, neste sábado, dia 26 de julho, pela segunda vez no octógono do UFC. O atleta está escalado para enfrentar o norte-americano Tim Means, no UFC on FOX 12, em San José, na Califórnia, Estados Unidos, pela categoria meio-médio (até 77,1kg), em busca de sua primeira vitória na organização. Na estreia, perdeu para Jordan Mein, na decisão dividida dos juízes.

O campeão do Shooto, que estava há nove lutas e quase quatro anos invicto, acredita que está em crescimento contínuo desde a última vez que entrou no octógono. Para Hernani, uma vitória diante de um adversário complicado, em seu segundo confronto pela organização, pode representar grande evolução na sua carreira.

“Vencer o Tim Means é de fundamental importância para dar mais confiança e mostrar minha evolução, técnica e física, no MMA e na categoria. Estou focado só nisso”, comenta o lutador, que viajou para os Estados Unidos na segunda-feira. “Estou trabalhando forte para conseguir essa vitória e sei que posso sair do cage com ela. Será um degrau grande a subir na minha carreira”.

A derrota em sua primeira luta no Ultimate não sai da cabeça de Perpétuo. O atleta acredita que o nervosismo acabou o atrapalhando nos dois primeiros rounds, quando saiu derrotado na visão de dois dos três juízes laterais.

“Fiz uma boa luta, mas estive um pouco abaixo do que posso na primeira parte, principalmente. Talvez o peso da estreia na organização possa ter me atrapalhado, mas depois fiquei mais tranquilo, tanto que ganhei o terceiro round e a derrota foi por decisão dividida. Hoje, para encarar o Means, me sinto mais preparado do que naquela oportunidade. É só o meu começo no UFC e sei que posso chegar cada vez mais longe”, opina.

Após mais um camp pesado, Hernani Perpétuo faz questão de exaltar os companheiros de trabalho e o comando da academia Nova União: “Só tem fera na academia e é por isso que chego muito preparado para este combate. Meu camp foi todo feito lá e tive ajuda importante de vários companheiros e do próprio Dedé, grande mestre e que me dá total apoio”, elogia o lutador carioca, que soma em seu cartel 17 vitórias e apenas quatro derrotas.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *