Conor McGregor vence Diego Brandão e incendeia o UFC em Dublin

Share it
O irlandês McGregor venceu Diego Brandão no UFC em Dublin, Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

O irlandês McGregor venceu Diego Brandão no UFC em Dublin, Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Ginásio lotado na Irlanda para o UFC Dublin. No combate principal, o aguardado duelo entre Conor McGregor e Diego Brandão foi apresentado para um ensandecido público no dia 19 de julho. Pior para o brasileiro, que foi superado pelo astro irlandês ainda no primeiro assalto com um nocaute técnico. Antes, Gunnar Nelson mostrou sua habilidade no Jiu-Jitsu e finalizou Zak Cummings. Confira os destaques:

Focado, McGregor supera Brandão

Naluta principal da noite, Cono Mcgregor, irlandês de corpo e alma, entrava no ginásio com status de grande campeão do UFC. A multidão presente gritava e cantava por ele. Do outro lado, um igualmente sedento e pilhado Diego Brandão aguardava o oponente para um combate que prometia ser eletrizante. E foi, mas por pouco tempo.

Diego acelerou o combate no início, partindo para trocação franca. McGragor parecia contido e estratégico, golpeando no erro do brasileiro. Diego conseguiu encurtar e aplicar uma queda para buscar a vitória no solo, mas Conor foi quem caiu por cima. Diego rapidamente investiu nas pernas, mas o loiro estava ligado nas possíveis tentativas e escapou bem dos botes.

Com o combate de volta na trocação, Conor mostrou seu boxe afiado, ao aplicar uma desconcertante esquerda que levou Diego ao solo lentamente. Mais alguns socos no solo deram a Cono MMcgregor sua vitória em casa, ainda no primeiro assalto.

Jiu-Jitsu resolve o combate de Gunnar Nelson

No co-evento principal, o prodígio Gunnar Nelson encarou o embalado Zak Cummings na divisão de meio-médios do UFC. No combate, bastante movimentação de Gunnar com sua base do karate,

enquanto Zak respondia na trocação. O combate vinha moderado, com golpes dos dois lados. Porém, nenhum golpe em pé definiu a luta, o combate seria liquidado após uma finta no Jiu-Jitsu.

Após a aproximação de Cummings, Nelson laçou o pescoço do oponente como se fosse para a guilhotina. Seu braço passava direto da pegada apropriada para o golpe e entregou a intenção. Assim que Zak se movimentou para defender o arrocho, Gunnar escorregou para as costas e de lá aplicou o mata-leão que fechou o combate, no segundo assalto.

Outro destaque ficou para o mata-leão de Cathal Pendred sobre Mike King. Mike teve a luta nas mão ao conseguir aplicar uma kimura, mas ao invés de girar o braço para trás das costas do adversário, King esticou o membro e facilitou a saída de Pendred. Após o vacilo, Cathal pegou as costas e precisou de menos de um segundo de arrocho no pescoço para conseguir apagar King.

Confira os resultados completos:

UFC Fight Night: McGregor x Brandão
Dublin, Irlanda
19 de julho de 2014

Conor McGregor venceu Diego Brandão por nocaute técnico aos 4min05s do R1
Gunnar Nelson finalizou Zak Cummings no mata-leão aos 4min48s do R2
Ian McCall venceu Brad Pickett na decisão unânime dos jurados
Norman Parke venceu Naoyuki Kotani por nocaute técnico aos 3min41s do R2

Card preliminar

Ilir Latifi nocauteou Chris Dempsey aos 2min07s do R1
Neil Seery x Phil Harris na decisão unânime dos jurados
Cathal Pendred finalizou Mike King no mata-leão aos 3min33s do R2
Trevor Smith venceu Tor Troeng na decisão unânime dos jurados
Nikita Krylov venceu Cody Donovan por nocaute técnico aos 4min57s do R1
Patrick Holohan finalizou Josh Sampo no mata-leão aos 3min06s do R1

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *