5 macetes de Tanquinho para afiar sua passagem de guarda no Jiu-Jitsu

Share it
Augusto Tanquinho (de azul) coloca pressão para passar a guarda. Foto: Dan Rod/ GracieMag

Augusto Tanquinho (de azul) coloca pressão para passar a guarda. Foto: Dan Rod/ GracieMag

Augusto “Tanquinho” Mendes (Soul Fighters) é daqueles campeões que estudam e buscam alternativas para cada posição, analisando os detalhes e criando alternativas. O estudo sempre deu resultados, como suas diversas medalhas da IBJJF comprovam – em especial o título mundial de 2013, entre os penas.

Dono de boas passagens e uma guarda arisca, o faixa-preta carioca, com luta marcada no MMA em agosto, lista hoje cinco dicas, exclusivamente para o leitor de GRACIEMAG, para turbinar seu jogo por cima. Meta bronca e bons treinos!

1. Olho nos espaços

“Esteja atento a todos os espaços que aparecerem, pois às vezes esse pode ser o único espaço para você se equilibrar”, observa Tanquinho.

2. Pernas bem preparadas

“Trabalhe as suas pernas e quadril para você ter essas áreas do corpo sempre bem fortes e resistentes – isso ajuda você a evitar os desequilíbrios e ainda auxilia no seu posicionamento para passar a guarda”, ensina o faixa-preta.

3. Pegadas fortes nos locais certos

“Tenha sempre as pegadas fortes nas calças ou na gola do seu adversário. O bom passador não perde essa pegada, e com isso é capaz de prosseguir com eficiência até a passagem, até estar com o controle bastante justo”, lembra.

4. Esgrimar é preciso

“Busque fazer uma esgrima no momento da passagem para ter mais ajuste e pressão, assim você consegue distribuir o seu peso em cima do seu adversário. No momento da esgrima, faça uma pegada no ombro ou nas costas do kimono do seu adversário e, muito importante, tente manter o seu ombro grudado no corpo do seu oponente”, diz Tanquinho.

5. Como lidar com a meia-guarda

“Ao chegar à meia-guarda, brigue pela esgrima e trabalhe com a sua cabeça no chão do lado oposto ao da esgrima. Procure ficar justo entre a esgrima e a sua cabeça. Trabalhe com o pé da perna que está solta na meia-guarda do seu adversário para tentar passar. Mantenha a pressão e o peso da parte de cima do seu corpo para não abrir espaços”, detalha o campeão.

E você, amigo leitor e colaborador de GRACIEMAG? Que lição de passagem de guarda mudou o seu jogo?

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *