GRACIEMAG nas bancas repercute entre juízes e magistrados faixas-pretas

Share it
Os faixas-pretas de Jiu-Jitsu e Direito, em reprodução de página da GRACIEMAG #208

Os faixas-pretas de Jiu-Jitsu e Direito, em reprodução de página da GRACIEMAG #208

Assim como o estudo das leis, o Jiu-Jitsu exige perseverança e determinação.

Em um dos artigos da GRACIEMAG número #208, que está nas bancas de todo Brasil, conversamos com um grupo de juízes e desembargadores, todos faixa-pretas, e coletamos algumas dicas interessantes sobre o Jiu-Jitsu, saúde e os desafios da vida.

O site da Associação de Magistrados do Rio de Janeiro (AMAERJ) publicou nota repercutindo a reportagem, que mostra como os homens da lei treinam nas horas vagas – alguns em dojôs instalados bem perto dos tribunais.

Para conferir a matéria, corra para a banca mais próxima, adquira sua GRACIEMAG #208 e tenha uma aula com esses mestres dos tribunais e dos tatames.

Ler matéria completa Read more
There are 4 comments for this article
  1. Marcus Bianco Lima at 8:01 pm

    Espero que serem faixas-preta em lhes permita decidir de forma mais serena os processos que passam por suas mãos. Oss

  2. Paulo Rogério Ferreira at 3:32 pm

    Sou leitor assíduo da revista a anos e também bacharel em Direito. Gostei bastante da matéria com os faixas pretas do poder judiciário e venho ressaltar que o jiu-jitsu só tem a engrandecer os valores e caráter de quem dele o desfrute, fator este que esta intimamente ligado a melhora no convívio social, que, por fim, culmina em uma sociedade, de fato, mais democrática. Viva o Jiu-jitsu.

Deixe uma resposta para Marcus Bianco Lima Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *