Mundial: Leandro Lo e Preguiça conquistam ouro; Bráulio Estima é tetra

Share it
Leandro Lo x Otavio Sousa

Leandro Lo x Otavio Sousa

Nas três últimas finais da faixa-preta masculino, o nível da adrenalina foi ao teto da Pirâmide de Long Beach.

Primeiro, Leandro Lo e Otavio Sousa disputaram o trono do peso médio, ocupado até então por Otavio, há dois anos. Lo chegou de mansinho, mas sem respeitar o bicampeão da categoria. Lo raspou primeiro, Otavio deu um passa pé e a luta tinha momentos de indefinição – como a chave omoplata que parecia que ia capturar Lo.

No fim, Leandro Lo livrou o braço, passou a guarda e venceu por 9 a 6 – o aluno de Cícero Costha agora é tricampeão mundial no peso. Só falta mesmo o absoluto para o magrinho bom de guarda.

A torcida pôde respirar um pouco no meio-pesado, com o fechamento de Bráulio Estima e Romulo Barral, colegas da Gracie Barra. Como no ano passado o ouro ficou com o tetracampeão Rominho, este ano a cortesia mudou de lado, e o Carcará tornou-se tetra também – com direito a ter seu nome no Hall da Fama do Jiu-Jitsu.

Em seguida, foi a vez da final do peso pesado. Com o trono de Rodolfo Vieira vago (ele agora é superpesado), a batalha foi franca. Aluno de Rominho, Felipe Preguiça tinha a missão de parar o experiente André Galvão. E os dois fizeram um dos duelos mais bonitos, abertos e técnicos do dia – com um festival de raspagens e bons ataques.

No último minuto, Preguiça raspou, marcou 6 a 4 e ficou com o ouro, para festa dos amigos da GB.

Felipe Preguica vence Andre Galvao no Mundial 2014

No Pan, deu Galvão; no Mundial, Felipe Preguiça deu o troco e venceu o professor da Atos no Mundial 2014 (foto).

 

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *