Mundial 2014: veja a posição em que Keenan foi desclassificado

There are 25 comments for this article
  1. Reinaldo Saraiva at 1:01 pm

    Na boa se tá na regra é cumprir, cruzou o joelho do outro sim e desclassificado de acordo com regra sim!!! Ele muito de amarrão com aquela segurada de lapela!! É tanto que levou um abafa do Buchecha!!!

  2. Marcio Gaúcho at 1:38 pm

    Cruzou a perna desse jeito, desclassificação. Posição perigosa, pode causar lesão séria no joelho com ruptura de ligamentos, e até luxação. Certíssimo o árbitro. E essa proibição é uma das mais clássicas. Não é novidade.

  3. Roberto Massao Matsukuma at 1:47 pm

    Na minha concepção o arbitro foi correto, esta no livro de regras e temos que fazer cumprir, assim evita lesões das quais afastam atletas dos treinos e competições. Se esta na regra tem que ser executada! Parabens ao arbitro.

  4. Pedro Ivo at 2:57 pm

    levou um abafa do buchecha? kkk…o luta foi pau pau e no fim o buchecha conseguiu passar…mas foi longe de ser um abafa!! méritos pro buchecha que foi melhor…mas abafa foi bem exagerado

  5. Pedro Ivo at 3:01 pm

    a desclassificação foi incorreta. A regra nova dita que o único momento em que o atleta será sumariamente desclassificado é se a perna do adversário percorrer de fora pra dentro TODA a linha de cintura do adversário…é como se os dedos do pé do keenan tivessem que tocar exatamente o lado da cintura oposta do adversário, e não foi o caso. Na regra antiga seria desclassificação, porém na regra nova que entrou em vigor a uns 20 dias eu acho, a luta seria parada, a perna colocada em posição legal e o keenan punido com uma punição.

  6. Reinaldo Saraiva at 3:08 pm

    Na minha visão levou uma abafa sim. Placa foi 7 a 2 para o buchecha, sendo q este 2 pontos do Cornelius foi decorrente dessa segurada de lapela na guarda q pra mim não mostra nada, mas mérito dele né!!

  7. Pedro Ivo at 3:44 pm

    Os 2 pontos foi decorrente de uma raspagem muito bem executada, inclusive do tipo que é mais difícil de fazer em pesadíssimos que é quando você traz o corpo do cara todo pra cima do seu e joga pra tras dando a cambalhota. Se você rever a luta você verá. Mérito do buchecha que consegiu aproveitar dois momentos:

    1- quando keenan raspou ele e soltou a lapela pra tentar passar o buchecha entrou na meia e conseguiu ir pro single, o Keenan pulou nas costas dele mas o buchecha foi esperto e chacoalhou pra ele escorregar

    2 – Quando o Keenan ia trocar a pegada de mão da lapela, o buchecha explodiu a perna pra tras e consegiu sair do laço, pulou pro lado e passou.

    De longe, a luta mais dura do buchecha até aqui.

    Muita gente ta dizendo que os gestos do Buchecha no final da luta foram dizendo que o Keenan tava amarrandoe não é verdade se você reparar ele fica puto porque estavam dizendo que ele que tava amarrando, o que não é verdade. Nenhum dos dois amarrou, o Keenan tentou o tempo todo raspar o Buchecha com a lapela e o buchecha que não é burro manteve os joelhos no chão pra não se expor e esperou o momento certo pra explodir.Luta normal, bem técnica e explosiva, que tem so a acrescentar ao esporte.

  8. Pedro Ivo at 3:53 pm

    A propósito deixa eu narrar um fato interessante sobre o americano que um dos comentaristas do pay-per-view falou (Shawn willians):

    "O Keenan deu um seminário na minha academia a umas duas semanas. Decidimos fazer um king of the hill com ele (e quando uma pessoa tem que vencer todos que tao na academia). Ele teria que finalizar todo mundo da azul a preta. Estavam presentes campeões mundiais, pan-americanos, europeus nas mais diversas faixas e todos queriam "matá-lo". Pouco mais de 1 h depois, ele se levantava, tinha acabado de finalizar o ultimo faixa-preta presente, com uma cara de quem tinha acabado de dar uma volta no parque, se despediu e foi embora, pois tinha que treinar ainda naquele dia na Atos"

    O garoto eliminou o Lo do absoluto, finalizou o Léo nogueira…

    Pode falar o que quiser do moleque, mas dizer que ele não é talentoso pra carai fica até feio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *