Bruno Malfacine é hexa mundial; Gui Mendes é tetra; torcida apoia Miyao

Share it

 

Bruno Malfacine contra Joao Miyao na final do Mundial 2014

Bruno Malfacine contra Joao Miyao na final do Mundial 2014

O peso-galo e e o peso-pluma terminaram com grande parte dos torcedores da Pirâmide de pé.

O responsável foi o enrosco dos irmãos João e Paulo Miyao, que ditaram o ritmo das finais, e acabaram deixando árbitros incertos e torcedores de cara fechada.

Na final do galo, Bruno Malfacine e João Miyao fizeram uma disputa eletrizante até o fim, com incessante troca de posições. João, para raspar o pentacampeão mundial da Alliance, fez uso até da guarda com a lapela, novidade introduzida por Bráulio Estima e Keenan Cornelius.

No fim, o empate de 8 a 8 foi total – inclusive nas vantagens. João lamentou muito, pois estava na frente nos últimos segundos, quando tomou a última inversão. E Bruno de fato impressionou mais os três juízes no fim, ao se posicionar para atacar as costas.

Já no pena, Guilherme Mendes e Paulo Miyao fizeram uma luta um pouco menos acelerada, mas no mesmo tom. Gui raspou, Paulo raspou de volta, e a luta seguia num 4 a 4 até o fim. Foi quando o aluno de Cícero Costha e o professor da Art of Jiu-Jitsu começaram a trocar arrochos no pé, em busca das vantagens decisivas. Apito final, e a torcida chiou, achando que Miyao deveria ganhar mais uma.

E você, o que achou das duas finais dos magrinhos, amigo leitor?

Gui Mendes por cima contra Paulo Miyao

O agora tetra Gui Mendes por cima, na final contra a fera Paulo Miyao.

Ler matéria completa Read more
There are 10 comments for this article
  1. Alisson SP at 6:48 pm

    Na luta do João contra o Malfacine, nem dá pra falar que foi garfo. Poderia ter ido pra qualquer um dos dois. Mas a do Paulo com o Gui foi feio demais o que fizeram com o Myao. O Gui não merecia as vaias, ele não tem culpa, mas foi ridículo aquela vantagem no final.

  2. Isaias Moraes at 2:47 am

    Nos EUA, estas regras dubias, juizes amigos… soh fazem crescer o "GracieWords " , evento duma filha do Rorion (não aprovado por ele), onde a regra base eh- 15 min, soh finalização, empate? os 2 estão fora! Parece doido mas tido publico! Se a IBJJF acabar com as vantagens (ou enxuga-las) de repente, mudar as regras nas finais…(claro, acabar com o fechamento de colegas) …poderemos ver lutas + francas, abertas, para frente, sem medo de perder por um vacilo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *