O faixa-azul que roubou a cena no primeiro dia do Mundial de Jiu Jitsu 2014

Share it
Luciano, exemplo de superação no Mundial da IBJJF. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Luciano, exemplo de superação no Mundial da IBJJF. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

O Campeonato Mundial de Jiu-Jitsu começou a esquentar a Califórnia nesta quinta-feira, 29 de maio. Os faixas-brancas, azuis e roxas já estão levantando a galera nas dez áreas de tatames postadas na popular Pirâmide de Long Beach, o ginásio da universidade local. (Saiba como assistir à transmissão ao vivo, aqui.)

Na categoria peso-galo da faixa-azul, entre 30 atletas inscritos, um carioca de Japeri roubou os olhares da torcida presente ao torneio da IBJJF. Amputado dos dois braços quando era bebê, por culpa de um incêndio, Luciano Mariano foi à luta. Hoje, é um competidor afiado, com uma pegada de costas eficiente.

Turista nos EUA pela primeira vez, graças ao apoio de colegas e algumas instituições americanas, Luciano bateu o peso, encarou a área de concentração e mostrou muita técnica contra seu adversário. Apesar da derrota, o aluno de Cezar Casquinha, que fez seus últimos treinos para o Mundial com Givanildo Santana na Lótus EUA, arrancou muitos aplausos.

“Eu não me vejo com nenhuma limitação, eu amo o Jiu-Jitsu e caio dentro para competir”, disse Luciano, dando um belo exemplo de amor e dedicação ao esporte.

Acompanhe nossa cobertura do Mundial 2014 aqui no GRACIEMAG, e em detalhes e bastidores em tempo real em sua rede social favorita: Instagram, Google Plus, Facebook e Twitter.

Para ver os resultados oficiais do evento, visite IBJJF.org.

Ler matéria completa Read more
There are 17 comments for this article
  1. Joao Vitor Ramalho at 10:21 pm

    Nao tenho os movimentos do pé direto e pouco tenho do joelho e isso nao me fez desistir e nenhum momento de lutar! A força de vdd não vem de uma capacidade fisica e sim de uma vontade indominável!!! Oss

  2. Paulo Marcio Reis Paulino at 3:41 am

    "TENTE uma, duas, três vezes e se possível tente a quarta, a quinta e quantas vezes for NECESSÁRIO.
    Só NÃO DESISTA nas primeiras tentativas, a PERSISTÊNCIA é amiga da CONQUISTA.
    Se você quer chegar aonde a maioria não chega, FORÇA o que a maioria não faz
    ossss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *