Seleção Brasileira de MMA Amador é definida para Copa do Mundo

Share it

Ueslei Oliveira pega as costas de Drumont Bonet. Foto: MMA4EVER

Ueslei Oliveira pega as costas de Drumont Bonet. Foto: MMA4EVER

Os oito atletas que representarão o Brasil na Copa do Mundo de MMA Amador, entre 30 junho e 4 de julho, em Las Vegas (EUA), foram conhecidos na noite deste domingo (25/5), na Seletiva Nacional de MMA Amador, realizada na casa de shows Rio Sampa, em Nova Iguaçu, Rio de Janeiro. Os vencedores das disputas do evento, organizado em uma parceira do Gringo Super Fight e a CABMMA, ganharam o direito de integrar a Seleção Brasileira de MMA Amadoro e representar o país na primeira competição mundial da modalidade.

A competição pode até ser amadora, mas a qualidade técnica apresentada nos combates não deixaram a desejar em nada aos grandes eventos de artes marciais mistas do Brasil. Para se consagrar campeão, os lutadores tiveram que realizar uma pequena maratona, com quatro combates ao longo do fim de semana, que reuniu cerca de 100 participantes. No sábado foram disputadas as oitavas e quartas de finais, e no domingo as semifinais e finais.

Os campeões e agora integrantes da primeira Seleção Brasileira de MMA são: Lucas Alves (moscas), Cléssio Gomes (galos), Lorran Cruz (penas), Ueslei Oliveira (leves), Adenes da Conceição (meio-médios), Quemuel Ottoni (médios), André Ramos (meio-pesados) e Flávio Silva (pesados).

Diretor do Comitê de MMA Amador e ex-lutador do UFC, Carlão Barreto festejou as grandes apresentações realizadas pelos atletas durante a seletiva e apostou em uma ótima participação da Seleção na Copa do Mundo de MMA.

“O evento foi excelente, superando todas as minhas expectativas. Os combate foram ótimos, com todos os atletas mostrando muita disposição e talento. Provaram que uma nova safra de lutadores de muita qualidade está surgindo. O show que eles proporcionaram foi muito bom, melhor até que muito evento profissional. Tenho certeza que essa equipe fará bonito da Copa do Mundo de MMA Amador”, disse Carlão.

Confira os destaques:

Lucas Alves x Danver Cruz (Peso Mosca) 57 kg

No primeiro duelo da noite, Lucas Alves levou a melhor diante do seu adversário Danver Cruz e conseguiu uma vitória por decisão unânime. A luta foi de extremo equilíbrio e com um round para cada lado, os jurados entenderam que havia a necessidade de mais um para o desempate, no qual Lucas conseguiu controlar as ações para garantir a vitória. Com o triunfo, o brasiliense será o representante do país entre os pesos moscas.

Cléssio Gomes x João Saldanha (Peso Galo) 61 kg

A luta entre Cléssio Gomes e João Saldanha foi bastante movimentada, e o lutador do Rio de Janeiro, Cléssio, acabou levando a melhor. Contundente desde o começo e com um muay thai afiado, o lutador não deixou João Saldanha respirar na luta. Além dos golpes fortes, Cléssio frustrava todas as entradas de queda de seu adversário, e com isso conquistou o embate na decisão unânime dos juízes.

Lorran Cruz x Antônio Sabino (Peso Pena) 66 kg

Uma guerra, é assim que podemos definir o terceiro combate da noite. O desafio foi de bastante movimentação em pé e no chão, com leve vantagem para Lorran Cruz, pupilo do lutador do UFC William Patolino. No terceiro e decisivo round, Antônio Sabino foi punido com a perda de um ponto por segurar a grade seguidamente, o que acabou sendo decisivo para a vitória de Lorran por pontos.

Ueslei Oliveira x Drumont Bonet (Peso Leve) 70 kg

Fulminante! Ueslei Oliveira não tomou conhecimento de Drumont Bonet na final da categoria peso leve. Após uma troca franca de golpes, o lutador da X-Gym grampeou em Drumont, colocou para baixo, pegou as costas e aplicou um lindo mata-leão ainda no primeiro round.

Jonathas Menezes x Adenes Conceição (Peso Meio-Médio) 77 kg

Lutando em casa, Adenes da Conceição conseguiu vencer Jonathas Menezes na decisão unânime dos árbitros. O lutador, que é oriundo do judô, conseguiu colocar o seu jogo de quedas em prática, dominando as ações no chão e impondo um contundente ground and pound nos dois rounds disputados.

Quemuel Ottoni x Tony Eduardo (Peso Médio) 84 kg

Nos primeiros segundos de combate, Quemuel Ottoni, especialista em muay thai, foi com tudo para cima de Tony Eduardo. Após aplicar uma saraivada de golpes, Quemuel botou seu oponente para dormir, levantando a galera que lotava a casa de shows Rio Sampa.

André Ramos x Davi Rios (Peso Meio-Pesado) 93 kg

Com um jogo forte de chão, André Ramos conseguiu superar Davi Rios no início do segundo round. O lutador da X-Gym quedou Davi no começo da segunda etapa e encaixou um belo katagatame, obrigando seu adversário a dar os três tapinhas, desistindo do combate.

Flávio Silva x Gilberto Júnior (Peso-Pesado) 120 kg

Eletrizante, assim foi o começo da final entre os pesos-pesados do Campeonato Brasileiro de MMA Amador, em Nova Iguaçu. Os atletas protagonizaram um show de trocação, com vários golpes duríssimos sendo conectados. Em um desses golpes, Flávio Silva acabou mandando Gilberto ao solo. Aproveitando o momento, Flávio pegou as costas de Gilberto Júnior e finalizou a luta com um belo mata-leão.

Michele Platenick x Silvania Monteiro (Peso Combinado) 56 kg

Fechando com chave de ouro, o único duelo feminino da noite, entre Michele Platenick e Silvania Monteiro, foi um verdadeiro entretenimento para a torcida presente. Inspirando o seu estilo no holandês Melvin Manhoef, Michele deu um show de Muay Thai e não deu chances para Silvania na trocação. Vencendo o embate na decisão unânime dos árbitros.

RESULTADOS OFICIAIS

SELETIVA NACIONAL DE MMA AMADOR
Domingo, 25 de maio de 2014
Rio Sampa, Nova Iguaçu (RJ)

MAIN EVENT (peso combinado de até 56 kg)

Michele Platenick venceu Silvania Monteiro por decisão unânime

FINAIS

Peso Mosca (até 57 kg)

Lucas Alves venceu Danver Cruz por decisão unânime

Peso Galo (até 61 kg)

Cléssio Gomes venceu João Saldanha por decisão unânime

Peso Pena (até 66 kg)

Lorran Cruz venceu Antônio Sabino por decisão dividida

Peso Leve (até 70 kg)

Ueslei Oliveira venceu Drumont Bonet no 1° round por finalização (mata-leão)

Peso Meio-Médio (até 77 kg)

Adenes da Conceição venceu Jonathas Menezes por decisão unânime

Peso Médio (até 84 kg)

Quemuel Ottoni venceu Tony Eduardo no 1° round por nocaute técnico

Peso Meio-Pesado (até 93 kg)

André Ramos venceu Davi Rios no 2° round por finalização (katagatame)

Peso Pesado (até 120 kg)

Flávio Silva venceu Gilberto Júnior no 1° round por finalização (mata-leão)

SEMIFINAIS

Peso Mosca (até 57 kg)

Danver Cruz venceu Danilo Corrêa por decisão unânime

Lucas Alves venceu José Carlos Oliveira por decisão dividida

Peso Galo (até 61 kg)

João Saldanha venceu Rodrigo Ernandes no 2° round por finalização (triângulo de mão)

Cléssio Gomes venceu Mikelle Nascimento por decisão unânime

Peso Pena (até 66 kg)

Lorran Cruz venceu Matheus Caique pode decisão unânime

Antônio Sabino venceu Klinger Pinheiro no 2° round por finalização (mata-leão)

Peso Leve (até 70 kg)

Ueslei Oliveira venceu Vanute Patreve por decisão unânime

Drumont Bonet venceu Paulo Emídio por decisão dividida

Peso Meio-Médio (até 77 kg)

Jonathas Menezes venceu João Paulo de Fátima por interrupção médica

Adenes da Conceição venceu Ivan de Melo no 2° round por nocaute técnico

Peso Médio (até 84 kg)

Quemuel Ottoni venceu Horácio Barcelos no 1° round por nocaute técnico

Tony Eduardo venceu Samuel Aguiar no 1° round por finalização (triângulo de mão)

Peso Meio-Pesado (até 93 kg)

Davi Rios venceu Rafael Bassan por decisão unânime

André Ramos venceu Wandell Oliveira por decisão unânime

Peso Pesado (até 120 kg)

Gilberto Júnior venceu Wallacy Marques no 1° round por nocaute técnico

Fávio Silva venceu Alex Martins por WO

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *