Rodrigo Damm e o Jiu-Jitsu contra Magomedov no UFC SP: “É só ele convidar”

Share it

Rodrigo Damm busca quebrar sequência de Magomedov. Foto: UFC/Divulgação

Rodrigo Damm busca quebrar invencibilidade de Magomedov. Foto: UFC/Divulgação

A caminho de sua quinta luta no UFC, Rodrigo Damm contará com o apoio da torcida brasileira para manter a boa fase e alcançar sua terceira vitória seguida na organização. Escalado para enfrentar o russo Rashid Magomedov no TUF Finale 3, no próximo dia 31 de maio, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, o capixaba quer se colocar de vez entre os melhores de sua categoria (66kg). Com um cartel de 12 vitórias e seis derrotas, o brasileiro já derrotou nomes expressivos no mundo do MMA, como Ivan Batman, Jorge Masvidal e Anistávio Gasparzinho. Além disso, acumula importantes passagens pelo Strikeforce e Jungle Fight.

Aos 34 anos, Damm, que é reconhecido por suas habilidades no Jiu-Jitsu, mostrou-se satisfeito com sua condição física atual e disse estar pronto para desenvolver seu jogo em todas as áreas, inclusive na trocação.

“Quando recebi a notícia que iria lutar, iniciei meus treinamentos. Sentei com toda minha equipe e definimos a estratégia. Hoje o físico vem fazendo a diferença e estou tranquilo e preparado. O Rogério Camões nos cobra bastante e o trabalho dele é fantástico. O Magomedov é um bom lutador, chuta bem, além de ter boas variações. É importante saber as armas do seu adversário. É chegar lá e impor meu ritmo. É nisso que estamos focando. Posso afirmar que estou preparado para trocar durante os três rounds. Onde ele quiser lutar, vai encontrar um Rodrigo duro. Se for no chão, que é minha casa, é só ele convidar que eu vou com o maior prazer”, afirmou.

O fato de encarar um lutador com nove vitórias consecutivas não assusta o capixaba. Ele fez questão de lembrar que, em sua última luta no UFC, também quebrou uma boa sequência invicta do compatriota Ivan Batman, que na época vinha embalado por uma série de sete resultados positivos.

“O Rashid não perde desde 2010. Essa série invicta dele vai acabar, assim como aconteceu com o Batman. Voltei à minha categoria de origem com o objetivo de marcar meu nome entre os melhores e esse caminho já começou a ser traçado. Pode escrever aí. No dia 31 de maio, ele vai conhecer mais uma vez a derrota”.

Feliz com a oportunidade de lutar no TUF Finale Brasil 3, Rodrigo Damm, que teve sua trajetória no evento iniciada após a boa participação na primeira edição do The Ultimate Fighter Brasil, prometeu ser agressivo e proporcionar uma verdadeira guerra para os torcedores brasileiros.

“Vai ser muito importante sair com mais uma vitória. Estou tranquilo, quieto, aos poucos a gente chega lá. Vai ser especial lutar na final do TUF, que foi onde tudo começou para mim dentro do UFC. Posso garantir que a galera vai ver um Damm diferente, pronto para lutar em qualquer lugar. Será, literalmente, mais uma guerra e sei que a torcida estará ao meu lado”, concluiu o lutador.

TUF Brasil 3 Final
Ginásio do Ibirapuera, São Paulo
31 de maio de 2014

Fabio Maldonado x Stipe Miocic
Antônio “Cara de Sapato” x Vitor Miranda
Warlley Alves x Marcio Lyoto
Demian Maia x Alexander Yakovlev
Rony Jason x Robbie Peralta

Card preliminar

Elias Silverio x Ernest Chavez
Rodrigo Damm x Rashid Magomedov
Paulo Thiago x Gasan Umalatov
Kevin Souza x Mark Eddiva
Marcos Rogério “Pezão” x Rick Monstro
Ricardo Demente x Wagner “Wagnão” Silva
Pedro Munhoz x Matt Hobar

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *