O trabalho mental de JT para o Mundial de Jiu-Jitsu 2014

Share it
Jonthan Torres antes de entrar no tatame. Foto: ATH Sports Nutrition

Jonthan Torres antes de entrar no tatame. Foto: ATH Sports Nutrition

Medalhista no Mundial em 2011, o peso leve americano Jonathan Torres pretende chegar mudado ao torneio deste ano. JT está no camp de luxo da Atos, que conta com seu professor André Galvão, Rafa & Gui Mendes, Claudio Calasans, Guto Campos, Rodrigo Caporal, Keenan Cornelius e várias outras feras.

Sempre muito franco e confiante, JT analisou sua divisão e as lições aprendidas até aqui. O Mundial 2014 da IBJJF rola entre os dias 28 de maio e 1º de junho, na popular pirâmide de Long Beach, na Califórnia.

GRACIEMAG: Em 2011, você medalhou no Mundial, mas em 2012 e 2013 bateu na trave e não subiu ao pódio. O que fará para reverter isso este ano?

JT: O aspecto mais forte do meu Jiu-Jitsu neste Mundial 2014 será a minha agressividade e a confiança em minha técnica. Ter André Galvão como professor tem sido muito útil para me ajudar a levar a vida como um lutador campeão mundial. Ele me passou muitas lições, e uma das mais importantes foi: sempre acredite em você mesmo. Galvão de fato me ensinou a acreditar que sou o melhor do mundo.

Como fica o peso leve com a subida de Leandro Lo para os médios?

O peso médio sempre foi uma das divisões mais difíceis de todas, se não a mais difícil, e agora ficou ainda mais com a chegada do Lo. Sobre o meu peso, Lucas Lepri e Michael Langhi são definitivamente alguns dos obstáculos mais difíceis na categoria. Mas para ser honesto todos os atletas que estão na divisão são perigosos e você tem de olhar para todos da mesma maneira.

Como estão os treinos para o torneio mais importante do calendário de Jiu-Jitsu? O que muda?

Joguei com a guarda a maior parte da minha vida, então eu diria que nestes dois últimos anos tenho focado em melhorar minha passagem de guarda, e acho que tenho mostrado isso. Para o Mundial, além da guarda e a passagem, vou ter um jogo forte e bem justo. Tenho trabalhado muito minha mente para entrar quente este ano.

E como funciona esse trabalho mental?

Normalmente, dez minutos antes de pisar no tatame eu escuto minha música e apenas entro na minha zona. Basicamente estou pensando em minha estratégia, e lembro só de como estou preparado para este momento.

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *