Fantasma do visto ameaça vice-campeão mundial de Jiu-Jitsu

Share it
DIogo Moreno em foto de Mike Calimbas

Fera da Soul Fighters, Diogo Moreno vibra com mais uma vitória, em foto de Mike Calimbas.

Faixa-preta de destaque no cenário esportivo brasileiro e internacional, Diogo Araújo “Moreno” deparou-se com a ameaça dramática de ficar fora de seu primeiro Mundial de Jiu-Jitsu desde 2003.

A razão não foi uma contusão, a opção pelo MMA ou outra qualquer, e sim um veto do consulado em relação ao seu visto para os Estados Unidos. Sem ele, o lutador carioca não terá como disputar o torneio no fim do maio, na Pirâmide de Long Beach, na Califórnia.

O atleta da Soul Fighters, vice-campeão mundial meio-pesado em 2012 e dono de títulos no Rio Open e Las Vegas Open, ainda não se deu por vencido, como costuma repetir nos tatames, e vai insistir.

“Alegaram que eu fiquei tempo demais na última vez, mas não fiz nada de errado. Fiquei quatro meses, quase cinco, treinando e só treinando. Vou tentar aplicar para o visto novamente esta semana”, disse Diogo.

“Estava muito empolgado, lutei o WPJJC em Abu Dhabi e perdi apenas por uma punição para o André Galvão, logo na primeira luta. Estou confiante para o Mundial, é só o meu visto sair”, concluiu a fera.

 

Ler matéria completa Read more
There are 21 comments for this article
  1. Maurício Sousa at 7:48 pm

    eu acredito pq o dinheiro de lá vale mais que o daqui, se não me engano nos ultimos mundiais que aconteceram aqui que tinha o apoio da prefeitura, uma das condições era que não fosse cobrado inscrição, salvo engano.
    E lá dá pra cobrar o quanto quiser que o povo paga.
    Oss

  2. Adriano Sisti at 11:51 pm

    Vc só pode ficar 3 meses. Pelo jeito ele ficou mais tempo que isso é agora as autoridades deram o troco. Vai ter que dar muita sorte e pegar um cônsul lutador de jiu pra liberar ele rsrs

  3. Adriano Sisti at 11:51 pm

    Vc só pode ficar 3 meses. Pelo jeito ele ficou mais tempo que isso é agora as autoridades deram o troco. Vai ter que dar muita sorte e pegar um cônsul lutador de jiu pra liberar ele rsrs

  4. M Diniz Diniz at 2:24 am

    Leonardo Sagioro Cascão, esta na mesma situação, foi agora campeão em Abu Dhabi, e vice campeão brasileiro.
    o que eu acho é que esses americanos são uns babacas!!!

  5. Vieira Christian at 3:53 am

    o q e certeza ele teria que ter explicado para oficial que ele precisava ficar mais tempo se nao ele tera um tempo maximo automatico no I94

  6. Ronilson Silva at 5:25 pm

    Uma coisa que nos brasileiros temos que nos acostumar é a respeitar as LEIS. Quando vc entra em qualquer outro país vc tem que seguir as regras vigente nele. E infelizmente o caso Diogo é esse, ele ficou mais tempo que o que era permitido no carimbo do passaporte dele e ta pagando o preço. Isso não é o que deveria acontecer, pois o Brasil é um dos maiores parceiros do EUA e nos gastamos muito quando estamos lá fora, mas LEI é LEI e tem que ser respeitada.
    Espero que ele consiga embarcar.

  7. Tank Dallas at 1:44 am

    Ronilson Silva vc esta correto no que esta falando, só desconhece o fatos.
    Falo com propriede, pois o Diogo é meu aluno. Portanto sei bem o que houve.
    Além disso moro nos EUA, portanto em relação as leis aqui e forma de como as coisas funcionam eu vivo diariamente.
    Diogo respeitou os limites do visto de permanência. O agente consular implicou com muitas entradas e saídas dele com longas estadas, mesmo dentro legal dos prazos.
    Vc está certo quando diz que as leis tem que ser respeitadas e se paga caro por isso. Mas não foi esse o caso aqui.
    Erros acontecem em qq lugar, inclusive do agente consular americano.
    Tudo de bom, Abcs

  8. Ronilson Silva at 3:16 am

    Tank Dallas Caro Professor Tank,eu tinha como base o comentário da reportagem que diz “Alegaram que eu fiquei tempo demais na última vez, mas não fiz nada de errado". Entendo a frustração dele e estou na torcida que ele consiga o visto pois é injusto como os brasileiros são tratados em todos os países não só nos EUA. Pra entrar na Europa é difícil e até pra entrar nos Emirados Árabes tem uma burocracia que acho desnecessária se tratando de quando vc vai lutar o Campeonato Mundial Pro. Boa sorte com o consulado.

  9. Tank Dallas at 3:22 am

    Ronilson Silva
    Tudo bem Fera. Diogo está tão desesperado que não conseguiu se expressar direito.
    Concordo com vc sobre a burocracia. Mas é o preço que pagamos pelos erros dos nossos compatriotas que não gostam de seguir as leis e querem ser malandros sempre. vc msm citou isso. Bem, Estamos trabalhando para resolver o caso.
    Obrigado pelo comment e pela torcida.
    Sucesso.
    Abraçao

  10. Lucas Dias at 4:52 am

    O problema não foi o prazo e sim a
    Suspeita de ganhar dinheiro na América, muitos atletas ficam o tempo permitido, correto, mais é ilegal trabalhar ser remunerado, muitos atletas não sabem disso, para dar seminário é preciso mudar o tipo de visto, a lei é rigorosa na América e funciona para todos, se for lutar é bater e voltar…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *