Jackson Sousa e irmãos Mendes brilham no Las Vegas Open de Jiu-Jitsu

Share it
Jackson Sousa é o grande campeão do Las Vegas Open. Foto: Ivan Trindade

Jackson Sousa é o grande campeão do Las Vegas Open. Foto: Ivan Trindade

O Las Vegas Open de Jiu-Jitsu foi realizado no último sábado, dia 3 de maio, e o astro do dia foi Jackson Souza, da Checkmat, mordendo o ouro duas vezes na competição, uma no peso e outra no absoluto.

No peso aberto, Jackson fez três lutas. Primeiro ele pegou Nathan Mendelsohn na chave de perna, depois foi a vez de Kalifa Oliveira sucumbir na chave de braço.

Na final, Jackson encarou Samir Chantre, da Caio Terra Assossiation. Chantre chegou à final após pegar Eliot Kelly na mão-de-vaca.

O combate pelo título começou com Jackson, que puxou pra guarda e trabalhou para raspar, enquanto Chantre tentava a passagem. Por cima, Jackson botou pressão e passou, depois montou e escorregou para as costas. Samir defendeu bravamente as tentativas de finalização de Jackson pelas costas, e conseguiu sair do sufoco ao raspar. O atleta da Checkmat ainda raspou mais uma vez antes do apito final, que contabilizava sua vitória por 15 a 4.

Os outros resultados na faixa preta são:

Yuri Simões finalizou Chris Engle pelas costas na final do superpesado, Jackson Souza pegou Antonio Antonioli no Ezequiel pelo peso pesado, Thiago Silva fez 4 a 0 em Bruno Antunes no meio pesado, sendo que os último dois pontos vieram por Antunes escapar da área de luta ao tentar defender uma chave de pé.

Em menos de 30s, Marcelo Mafra pegou Lucas Rocha na chave de pé pelo ouro no peso médio, Francisco Iturralde finalizou Osvaldo Moizinho na chave de joelho no peso leve.

Rafa Mendes pegou dois armlocks para chegar à final no peso-pena, de Gerson Atoigue e Nicholas Araújo, respectivamente. Gui Mendes repetiu a dose do irmão, ao finalizar suas duas últimas lutas também com um mesmo golpe, no caso dele o estrangulamento. As vítimas foram Davin Maxwell e Vitor Paschoal. No fim, Rafael ficou com o ouro.

No peso-pluma, Gabriel Moraes foi o campeão, ao superar Gustavo Carpio por 1 a 0 nas vantagens, após empatar em 4 a 4 nos pontos.

No feminino faixa-preta, um retorno feliz. Após quase seis anos longe das competições, Ana Laura cordeiro, da Gracie Barra, chegou na final para finalizar Charlene Coats pelas costas, conquistando o ouro no meio-pesado.

Para conferir todos os resultados do torneio, clique aqui!

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article
  1. Isaias Moraes at 10:23 pm

    Otima notícia eh o retorno da champ Ana Laura Cordeiro!!! tem video das suas lutas? Creio q ela, bem preparada, pode para Gabi Garcia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *