Lucas Lepri comenta os lances da derrota do WPJJC em Abu Dhabi

Share it
Lucas Lepri em ação no Jiu-Jitsu. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

Lucas Lepri em ação no Jiu-Jitsu. Foto: Erin Herle/GRACIEMAG

Faixa-preta de Jiu-Jitsu da Alliance, Lucas Lepri voou de Atlanta para Abu Dhabi para disputar o WPJJC e não se deu bem. Na luta de apenas seis minutos, Lepri perdeu para Rodrigo Caporal (Atos) na categoria até 76kg. Em conversa exclusiva com GRACIEMAG, o mineiro analisou a derrota nos Emirados Árabes e contou o que aprendeu.

GRACIEMAG: Deu para digerir a derrota já?

LUCAS LEPRI: No esporte você tem de saber que vai ter derrotas e vitórias, mas assim não dá. Na luta, o Caporal fez uma vantagem, depois fiz uma vantagem também. Aí o árbitro deu punição para ele por não querer lutar. Depois fui tentar raspar, levantei com a perna dele, que fez base, então fui para as costas. Coloquei o gancho por cima do braço dele, e Caporal usou isso para tentar escapar das costas, o que é uma defesa boa. Mas na tentativa de sair das costas peguei-o no crucifixo. Estávamos no lado de dentro do tatame quase em cima da linha na borda. Aí ocorreu tudo.

O que rolou?

O juiz pediu para parar e voltar ao meio. Perguntei se era para continuar com as mesmas pegadas. O árbitro respondeu: “Já falei que é para ficar de pé, porra”. Educação zero. Voltou a luta em pé e o juiz me deu uma punição do nada.

Como a luta terminou?

No fim dei um single-leg e o Caporal caiu e levantou. Aí pensei, pelo menos essa foi vantagem e eu ganho. O cara vai e me levanta o braço do outro atleta.

O que aprendeu com tudo isso?

Cara, aceito derrotas numa boa. No esporte é isso, uma hora você ganha ou pode perder. Mas treinamos muito para chegar bem no torneio e ter de lidar com esses caras sem instrução, que se acham os superiores. Acham que são o xeque, nem se fossem. Nada contra o Rodrigo Caporal, o moleque é gente finíssima. Acho que aprendi é que para lutar nos Emirados você precisa esperar de tudo. Agora vou lutar o Brasileiro em Barueri, em maio.

Ler matéria completa Read more
There are 8 comments for this article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.