WPJJC de Abu Dhabi: Buchecha e Rodolfo na final; Gabi Garcia enfrenta Janni Larsson

Share it

Rodolfo Vieira arrocha o estrangulamento em André Galvão, na semifinal do absoluto. Foto: Ivan Trindade/GRACIEMAG

Se houve alguma surpresa em Abu Dhabi na madrugada deste sábado, 19 de abril, ela tem cabelos ruivos, kimono azul e pesa cerca de 72kg.

Janni Larsson, sueca da Checkmat, faixa-preta desde agosto de 2013, terá a espinhosa missão de parar a até agora imbatível Gabrielle Garcia, atual rainha absoluta do WPJJC. As finais do torneio profissional de Jiu-Jitsu dos Emirados Árabes ocorrem a partir de 7h da manhã (horário de Brasília).

Para chegar à final do absoluto faixa-preta na capital dos Emirados, as duas lutadoras fizeram bonito. Gabi precisou passar por Luiza Monteiro, Maryanne Mullahy, Vanessa Nascimento e pela faixa-marrom Monique Elias, companheira de equipe que Gabi finalizou no braço.

Já Larsson eliminou Magdalena Loska, Marina Ribeiro, Polyana Lago, Mackenzie Dern e, na semifinal, passou por Bia Mesquita, graças a duas vantagens no placar.

Entre os homens, se não houve necessariamente uma surpresa, não faltaram embates de tirar o fôlego.

Rodolfo Vieira x Leandro Lo, por exemplo, nas quartas de final. Ou a semifinal entre Marcus Buchecha e Keenan Cornelius, que eliminara por sua vez Bráulio Estima. O certo é que as chaves do absoluto masculino estavam apinhadas de craques, e quem chegou novamente foram Marcus Buchecha, atual campeão de Abu Dhabi, e Rodolfo Vieira, seu mais perigoso rival.

Rodolfo finalizou todo mundo em Abu Dhabi até agora. Campeão até 100kg na madrugada de quinta-feira para sexta, o aluno de Julio César na GFTeam do Rio de Janeiro enfileirou no absoluto as feras Gareth Neale, Luiz Panza, Leandro Lo e André Galvão (foto), todos devidamente estrangulados pelo inclemente peso pesado – na primeira luta, Rodolfo se deu ao luxo de apertar as golas da meia-guarda.

A melhor luta do rolo compressor de Campo Grande foi contra Lo, que começou raspando, sem respeitar a diferença de peso para o amigo. Mas Rodolfo voltou a por o trem nos trilhos, e a dois minutos do fim bombardeou por cima, livrou-se da guarda de Leandro e finalizou pelas costas.

Buchecha não foi tão eficiente, mas foi brilhante como de costume.

O aluno de Rodrigo Cavaca, que venceu Rodolfo nas últimas três vezes (só perdeu uma, a primeira), precisou despachar no absoluto caras como Luca Anacoreta (ezequiel), Victor Estima (estrangulamento), Claudio Calasans (em grande virada após tomar a primeira queda) e Keenan, a quem venceu por 2 a 1 nas vantagens em batalha de raspagens, 2 a 2.

Na faixa-marrom, o absoluto será outro prato cheio para quem curte um bom duelo: o ídolo local Faisal Al-Kitbe vai enfrentar o criativo Marcinho André (Nova União Bangu).

As finais são agora, sete da matina. Quem vai ficar com o cinturão do absoluto em Abu Dhabi, amigo leitor?

Curte Jiu-Jitsu e quer se manter sempre atualizado? Saiba como receber sua GRACIEMAG em casa.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe um comentário para Érico Tiuí Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.