Ronny Markes, Trator e Bodão são demitidos do UFC

Share it
Ronny Markes (dir.) recebe duro golpe no UFC. Foto: Divulgação

Ronny Markes (dir.) recebe duro golpe no UFC. Foto: Divulgação

O cerol passou fino entre os brasileiros no Ultimate. Atingidos pela degola mais recente, Ronny Markes, Rafaello Trator e Thiago Bodão deixaram de ser competidores do quadro do UFC. As informações, ainda não oficiais, são do MMAFighting.

Entre os médios, Ronny Markes atua no UFC desde 2011. Após três vitórias seguidas na organização, Ronny amargou dois nocautes: um para Yoel Romero e o mais recente contra o brasileiro Thiago Marreta, de forma técnica.

Também na divisão até 84kg, Thiago “Bodão” Perpétuo chegou ao UFC pelo “TUF Brasil”, ainda em sua primeira edição. No UFC, venceu o compatriota Leonardo Macarrão, e depois sofreu duas derrotas, uma por nocaute e outra por finalização.

Já entre os leves, Rafello “Trator” Oliveira não teve vida fácil no Ultimate. Após estrear contra Gleison Tibau, em maio de 2011, e ser finalizado, Trator conseguiu apenas uma vitória em cinco aparições na organização. Em sua batalha mais recente, foi superado por Erik Koch, por nocaute técnico, ainda no primeiro assalto.

E você, leitor, concorda com o facão que passou entre os brasileiros no UFC? Comente.

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article
  1. Júlio César Tortoro Ribeiro at 4:59 pm

    Bodão é esforçado, mas não tem nível para o UFC ainda, precisa melhorar MUITO para fazer mais do que apresentou.

  2. Edson Rodrigues at 5:13 pm

    o ufc só vai ficar bom de se assistir. quando mudar o presidente ele fica pegando no pé dos brasileiros e dificultando a vidas dos atletas brasileiros dentro da organização . por que ele sabe que nos brasileiros somos os melhores .ele ta querendo transformar o mma igual a football com lutas compradas

  3. Michael Douglas Marques Andretta at 5:55 pm

    ganhe as lutas pra nao precisar reclamar depois , perderam mais do que ganharam , fora o ronny , perderam muito , é a vida de lutador , qualquer profissional vive de resultados , se esses resultados nao estao bons nao tem o pq de continuarem empregados , ufc nao é confederaçao que luta quem quiser , tem de se esforçar muito e dar o seu melhor sempre , nao errar , se nao acontece issu dai .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *