Veja como Leandro Lo venceu Luiz Big Mac na final do absoluto em Jacutinga

Share it

Nesse sábado, dia 12 de abril, Leandro Lo retornou às competições de Jiu-Jitsu. Pela Copa Jacutinga, no Sul de Minas, o aluno de Cícero Costha venceu o absoluto. Para beliscar a medalha de ouro, Lo raspou e passou a guarda do peso pesadíssimo Luiz Felipe “Big Mac” na final do aberto. Confira:

Ler matéria completa Read more
There are 18 comments for this article
  1. Pedro Ivo at 10:12 pm

    Esse é o diferencial do Buchecha, um pesadíssimo que se move como leve. Um cara lento desse jeito jamais nessa vida vai passar a guarda do Lo no nível atual que ele ta. kkkkkk depois que ele raspou, eu imaginei quantos segundos ele ia demorar pra passar a guarda do cara.

  2. Pedro Ivo at 10:17 pm

    mas como já expliquei numa postagem antiga, o Lo tem que trabalhar mais forte num jogo finalizador. Ser um dos melhores guardeiros e um dos melhores passadores (o melhor, talvez) ainda é o que coloca ele um pequeno degrau abaixo do Rodolfo, na minha opinião, que é um cara que entra pra matar geral.

  3. Hélio Ihara at 10:32 am

    o rodolfo e buchecha é de outra categoria. o leandrinho sempre jogou até o começo da preta só para finalizar. depois de perder um monte q começou um jogo mais estratégico.

  4. Hélio Ihara at 10:36 am

    olha os títulos do big mac. ele foi na geração dele a referência nos pesados com um jogo de judô muito forte e amassando. para criticar basta uma língua e a bunda na cadeira, pq vc não faz melhor q o cara, é simples!

  5. Pedro Ivo at 11:30 am

    deixa de ser infantil rapaz. Quem ta discutindo aqui o que o Big Mac foi ou deixou de ser na geração dele? E dai que ele tinha um jogo de judô forte e amassava e bla bla bla…eu to apenas dizendo que nunca que um lutador, ainda que pesadíssimo, mas lento desse jeito ia passar a guarda do Lo, e isso ainda continua verdade mesmo depois de toda a sua irritaçãozinha, kkkk. Não to falando nem especificamente do Big Mac, so que é ele que ta lutando ai no vídeo. Eu falei de todos os lutadores pesadões que se movem como pesadões. Não é uma questão de fazer melhor.

  6. Pedro Ivo at 11:41 am

    sério que o Rodolfo e o Buchecha são de outra categoria? O.o não diga. Eu fiz um post gigante sobre isso uma vez aqui mesmo, mas procurei e não achei, continha inclusive dados estatísticos e tal dando suporte ao que eu digo. Mas enfim vou dar so exemplo.Você por acaso assistiu as lutas do Lo com o Victor Estima no Pan desse ano? se não assistiu vou narrar um momento que ilustra totalmente o que eu digo: O Lo trabalhou a passagem no Victor e consegui passar lindamente, chegou do lado firme e…abandonou a posição voltando em pé.O.o! isso mesmo, ele fez um caozinho levantou, olhou o cronômetro e começou tudo de novo. Novamente, passou, chegou ao lado e fez basicamente a mesma coisa .Nessa hora os comentaristas comentaram o seguinte:

    " (fulano) porque o Lo abandonou a posição e voltou em pé? você acha que é muita confiança na passagem, ou a falta dela na finalização?"

    "Olha, eu acho que é um pouco das duas"

    E isso é exatamente o que eu acho: O Lo ficou tão impressionante nas passagens que deixou as finalizações de lado. Esse é um dos motivos que eu não gosto muito de ver ele lutar, porque eu tenho certeza que nunca (quase nunca) vai ocorrer uma finalização.`Óbvio, eu sempre gosto de ver as guardas e passagens dele, mas se tiver outra luta no momento (como ocorre nas transmissões dos eventos) geralmente eu sempre mudo para a outra luta.

  7. Pedro Ivo at 11:46 am

    Só uma pequena estatística que eu lembrei me veio a mente agora…no último mundial, Rodolfo finalizou 7 de 9 lutas (só não finalizou o Yuri simões e perdeu pra o Buchecha)…Buchecha finalizou 5 de 7…Lo foi campeão e não finalizou nenhuma! E ele próprio em uma entrevista antiga comenta essa fato!! será que as categorias pesado e pesadíssimo são tão mais fáceis assim do que a leve, permitindo seus respectivos campeões passarem matando geral? eu não tenho nenhum motivo pra acreditar que sim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *