Bilharinho destrona Israel em batalha de invictos do Jungle Fight 67

Share it
Jonas Bilharinho teve o braço levantado após duro combate com Israel. Foto: Carlos Arthur

Jonas Bilharinho teve o braço levantado após duro combate com Israel. Foto: Carlos Arthur

O Jungle Fight 67 fez o Ginásio Costa Cavalcante, em Foz do Iguaçu, ir ao delírio com sete combates muito movimentados. O evento, realizado no dia 29 de março, contou com a disputa de cinturão peso-galo, entre o agora campeão Jonas Bilharinho que desbancou Mario Israel, além dos dois irmãos do atleta do UFC Erick Silva, Gabriel e Bruno, que venceram seus respectivos combates. Confira os detalhes:

Jonas Bilharinho vence Mario Israel e fica com o cinturão

No combate mais aguardado da noite, Jonas Bilharinho entrava no cage para encarar o duro Mario Israel. Ambos invictos na carreira, as chances de um deles sair com o gosto amargo da derrota pela primeira vez era grande, e não foi diferente. Depois de três eletrizantes rounds, recheados de trocação, Bilharinho levou o combate na decisão dividida dos jurados. O resultado gerou polêmica. Nas redes sociais, uma onda de pessoas contestou a decisão. Wallid Ismail, presidente do Jungle, comentou o combate:

“Para mim foi a melhor luta do ano. Impressionante a vontade dos dois. Não costumo dar revanche no Jungle. Vou colocar o Mario Israel para fazer mais uma luta e o Jonas para defender o cinturão. Caso os dois vençam, eles lutam novamente. Não posso marcar a revanche logo porque a categoria 61 kg é o peso mais difícil do Jungle, pois tem muita gente boa”, disse Wallid.

Irmãos de Erick Silva vencem

Apesar do irmão mais famoso, o atleta do UFC Erick Silva, não estar presente, Gabriel e Bruno representaram a família Silva  nos segundo e terceiro combates do evento.

Primeiro a atuar na noite, Gabriel mostrou frieza e bastante giro no seu jogo de solo no combate em que superou Willian Vogado, na decisão dividida. Logo em seguida seu irmão, Bruno, aplicou um knockdown e fechou o combate no solo, finalizando Leandro Vasconcelos no katagatame.

Confira os resultados oficiais:

Jungle Fight 67
Foz do Iguaçu, Paraná
29 de março de 2014

Jonas Bilharinho venceu Mario Isarael na decisão dividida;
Fabian Quintanar venceu Richard Godoi na decisão dividida;
Cezar Arzamendua finalizou Paulo Durão na guilhotina a 1min22s do R1
Aldo Villalba finalizou Brandon Gushiken na guilhotina aos 3min17s do R2
Bruno Silva finalizou Leandro Vasconcelos no katagatame aos 2m33s do R1
Gabriel Silva venceu Willian Vogado  na decisão dividida
Fabian Armoa venceu Edson da Silva por nocaute técnico aos 20s do R1

Ler matéria completa Read more
There are 6 comments for this article
  1. Diogo Dias Dutra at 3:52 pm

    Incrível! Quem assistiu a luta sabe quem ganhou! Eu nunca vi o cara perder claramente os três rounds e levar no final! Vergonhoso! Ontem o Jungle Fight mostrou que é um evento de cartas marcadas, enfim perdeu a sua credibilidade!

  2. Diogo Dias Dutra at 3:59 pm

    E outra, esse título da noticia de vocês não está de acordo com o que aconteceu de fato! "Bilharinho destrona Mario Israel" quem assistiu está rindo desse título até agora! Seria mais correto colocar; "Em decisão polêmica Bilharinho leva de Mario Israel" Brincadeira heimmmm até vcs!

  3. Túlio Gomes Dantas at 9:50 pm

    O pior de tudo não é a derrota, mas a forma como mancharam o cartel do Mário Israel. Acredito que ele não teria problema algum em encarar uma derrota no cartel, mas se tivesse sido derrotado de fato, pois mostrou que é muito mais que um guerreiro. Outro dia vi uma entrevista antiga do Wallid de que no Jungle não tem escolha de adversário, que não tem arranjo de luta, mas depois da luta de ontem perdeu totalmente a credibilidade!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *