Celsinho Venicius luta em defesa do Jiu-Jitsu neste sábado

Share it
Celsinho Venicius na pesagem. Foto: Divulgação

Celsinho Venicius na pesagem. Foto: Divulgação

Tricampeão mundial de Jiu-Jitsu na faixa-preta, o peso leve Celsinho Venicius, 30 anos, vai calçar as luvas para sua quarta luta de MMA neste sábado, 29 de março, no Circuito Talent de MMA 7.

O professor da academia Ryan Gracie São Paulo encara André “Urso” Luiz. Em conversa com GRACIEMAG, Celsinho destrinchou a estratégia para luta.

“Sigo buscando a finalização, só que no MMA também posso nocautear. Claro que cada luta é diferente e podemos sentir golpes, o MMA é imprevisível por isso. Mas enquanto estiver bem, vou partir para o ataque. Estou com a trocação afiada, e se derrubar vou sentar a mão. O que posso garantir é que vou com tudo. Vai ser nocaute ou finalização”, aposta o faixa-preta de Roberto Gordo.

Com três vitórias seguidas na carreira, Celsinho lembra que treina vale-tudo há mais de uma década, daí a confiança.

“Treino MMA desde os 18 anos, dei uma prioridade para o Jiu-Jitsu porque estava ao meu alcance. Tive algumas dificuldades, fui pai cedo, e no Jiu-Jitsu tinha mais tempo para dar aulas e treinar. A transição então foi tranquila, entrei no Jiu-Jitsu acompanhando o vale-tudo, era o meu sonho. Minha paixão pelo MMA nasceu antes do Jiu-Jitsu”, conta o campeão, que comparou as modalidades.

“São artes distintas, com detalhes técnicos diferentes. Eu preciso ser completo para me dar bem no ringue, então meu Jiu-Jitsu completa meu jogo no MMA. Agora, o Celsinho do MMA não tem muita diferença para o Celsinho do Jiu-Jitsu: continuo com aquele mesmo coração de leão, aquela vontade de ganhar sempre. Meu jogo no MMA está mais trabalhado, estou fisicamente melhor, mas garanto que é aquele mesmo Celsinho do Jiu-Jitsu, que nunca desiste e está sempre aprendendo”, diz Celsinho.

Circuito Talent de MMA 7

Ginásio Geodéstico, em Osasco, São Paulo

29 de março de 2014

Marcos Babuíno x João Paulo Rodrigues
Celsinho Venicius x André Urso
Eduardo Pamplona x Federico Torres
Udi Lima x Clecio Bruto
Serginho Soares x Dioginis Overeem
Kitner Moura x Rodrigo Batista

card preliminar

Jânio Rodrigues x Jayme Barros
Everaldo Osso x Edvaldo Gameth
Armando Polêmico x Salvador Minniti
Gabriel Checco x Uryan Carlos
Diogo Almeida x Rafael Xavier
Julio Gomes x Sergio Ferreira
Felipe Efrain x Vinicius Moraes
Marcial Robles x Gabriel Maccario

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *