Weidman se lesiona e luta com Machida é adiada para julho, no UFC 175

Share it
Weidman e Machida fazem o duelo pelo cinturão peso médio em julho. Foto: Carlos Arthur Jr.

Weidman e Machida fazem o duelo pelo cinturão peso médio em julho. Foto: Carlos Arthur Jr.

A bruxa das lesões pegou o jovem campeão peso medio do UFC. Com compromisso agendado no UFC 173, no dia 24 de maio, Chris Weidman terá que esperar para lutar em defesa do seu cinturão contra Lyoto Machida por conta de uma lesão no joelho.

Pela contusão, a organização do UFC decidiu adiar o combate em pouco mais de um mês, passando a luta para o dia 5 de julho, no UFC 175. A lesão, de natureza leve, vai custar a Weidman apenas uma pequena cirurgia, e o campeão estará apto a retornar aos cages rapidamente.

Porém, no meio da história, quem não perdeu tempo foi o arisco coroa Dan Henderson. Embalado com o nocaute aplicado em Shogun no último domingo, Hendo pediu que o combate não fosse adiado, mas que o Ultimate desse para ele o combate do UFC 173 contra Machida. O argumento? Veja:

Tweet de Hendo.

Tweet de Hendo.

“Ei, Dana White, me deixe pegar o Lyoto Machida, do mesmo jeito que você o deixou pegar o Jon Jones quando eu me machuquei”, disse Hendo, se referindo ao UFC 151, no qual enfrentaria Jones mas uma lesão no joelho lhe tirou do páreo, e o UFC chamou Lyoto para o duelo.

No meio da história, ainda com o fator Vitor Belfort no meio, que até o dia 5 de julho já poderia estar apto a lutar contra Weidman, mas também não foi cogitado pela organização, só nos resta esperar o duelo entre Chris Weidman e Lyoto Machida no card do UFC 175 e a nova luta principal do UFC 173.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta para Diego Melo Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *