Godofredo Pepey culpa nervosismo por más apresentações no UFC

Share it
UFN_6-05_Pepey_Sicilia_02.jpg

Pepey venceu apenas uma no UFC, em decisão polêmica. Foto: Divulgação

O cearense Godofredo Pepey encara o norte-americano Noah Lahat, neste domingo, dia 23, no UFC Natal, com a pressão de vencer a qualquer custo. Com apenas uma vitória em quatro lutas, o brasileiro ainda não convenceu no Ultimate e precisa, desesperadamente, da vitória para garantir a permanência na organização. Apesar disso, ele garante estar preparado para o desafio e revela ter tido um acompanhamento psicológico para esse duelo.

“Não tem como não estar pressionado, mas tento levar pelo lado bom, costumo me sair bem quando preciso mostrar serviço. Nas últimas lutas não consegui me sair bem por conta desse nervosismo mesmo, mas trabalhei o meu psicológico, tive um acompanhamento profissional que me ajudou muito. Estou preparado para conseguir essa vitória e provar que mereço estar no UFC”, afirma Pepey.

Outra mudança promovida em seu camp foi a atenção dada ao muay thai. Depois de sofrer dois nocautes consecutivos, para Felipe Sertanejo e Sam Sicilia, o peso-pena nordestino intensificou os treinos com André Dida, responsável por treinar o ex-campeão do UFC Maurício Shogun nos últimos anos.

“Por ser do Jiu-Jitsu eu sempre busco a luta no chão, mas nas últimas lutas não deu certo e acabei sendo nocauteado. Então, resolvemos focar mais na trocação nesse camp. Fiz uma preparação de muay thai muito forte com o mestre André Dida, e me sinto muito preparado para lutar em qualquer área contra ele”, explica o atleta.

O adversário do brasileiro está invicto na carreira, com sete vitórias, e fará a sua primeira luta no UFC. Além do expressivo cartel, Noah Lahat treina na American Kickboxing Academy (AKA), localizada nos Estados Unidos e famosa por abrigar astros do MMA como o campeão dos pesos-pesados Cain Velásquez e o ex-campeão do Strikeforce Daniel Cormier. Apesar disso, Pepey demonstra confiança e espera dar “boas vindas” para o estreante.

“Acho que vai ser uma grande luta e tem tudo para ser a melhor da noite. Mas ele é um estreante no UFC, e vou ter que dar as boas vindas para ele. Só não sei se ele vai gostar muito (risos)”.

Aos 26 anos, Pepey se tornou conhecido no cenário nacional após ser finalista da primeira edição do “TUF Brasil”. Apesar da derrota para o conterrâneo Rony Jason, na decisão do programa, no UFC BH, em junho de 2012, ele também conseguiu um contrato com o Ultimate. De lá para cá, o cearense lutou outras três vezes pela organização, acumulando uma vitória e duas derrotas.

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *