Kalindra e Flavio Alvaro vencem no XFC Brasil

Share it
Flavio Alvaro no XFC 2 WAYNE CAMARGOREDETV!

Flavio Alvaro por cima de Adson Preguiça no XFC 2. Fotos: Wayne Camargo/ Rede TV!

Lutador experiente com 46 vitórias na carreira (dez derrotas), Flavio Alvaro, 36 anos, está há cinco lutas sem perder.

No último domingo, 16 de março, Flavio dominou os três rounds do combate principal do segundo XFC Brasil e venceu Adson Lira na decisão unânime dos jurados, na luta principal do segundo XFC Brasil, realizado nos estúdios da emissora paulista RedeTV!.

O telespectador que acompanhou ao vivo a transmissão pôde ver a luta pelo ponto de vista do árbitro, em tempo real, fato inédito no esporte brasileiro.

A fera Adson Lira mostrou que seu apelido, Preguiça, é mera ilusão. Ele foi com tudo pra cima de Flavio, mas depois de boa trocação, terminou por baixo. Seguidas vezes, Flavio Alvaro levou Adson ao chão e distribuiu socos e cotoveladas. Após muito castigo, venceu por decisão unânime. Atleta do Legacy, Flavio já tem luta marcada para 4 de abril, no Novo México, contra o peso-pena americano Donald Sanchez.

No card preliminar, com oito lutas, o peso-pena Felipe Douglas roubou a cena. Após vencer o mexicano Rodolfo Pérez em luta dura, o brasileiro pediu sua noiva em casamento no microfone, ainda dentro do hexágono. Para sua alegria, a noiva estava na plateia e disse sim ao pedido.

Na primeira luta do card principal, válida pelo GP peso-pena, duelo entre Brasil x Argentina, com Luan Gazetta e Bruno Canetti. No primeiro e no segundo round, o argentino Canetti teve vantagem, machucando bastante o lutador do interior de São Paulo.

Já no terceiro, Luan partiu para cima para tentar a virada e fez a torcida vibrar acertando vários socos e joelhadas. Mas foi tarde. Os árbitros deram a vitória para Canetti, sob vaias da torcida presente. Foi a primeira derrota do peso-pena brasileiro na carreira profissional.

Kalindra tenta arrochar o mata-leão em Aline, no peso-palha. Foto:

Kalindra tenta arrochar o mata-leão em Aline, no peso-palha.

No coevento principal, duas brasileiras se enfrentaram e agitaram o público. O duelo foi válido pelo peso-palha, e Aline Serio e Kalindra Faria fizeram bonito. Kalindra subiu no hexágono com um histórico de oito vitórias seguidas, sem perder desde 2011. O primeiro round foi de estudo entre as lutadoras, com leve vantagem para Kalindra, que conseguiu acertar mais golpes.

No segundo assalto, Kalindra quase arrochou o mata-leão em Aline, que conseguiu se safar antes da finalização. Após um terceiro round de vantagem de Kalindra, ela foi declarada vitoriosa pelos árbitros e manteve sua série invicta.

XFC Brasil 2

Estúdios da Rede TV!, São Paulo, SP

16 de março de 2014

Flavio Alvaro venceu Adson Lira por decisão unânime dos jurados

Kalindra Faria venceu Aline Serio na decisão dos jurados

Pedro Junior finalizou Erick Montaño no R2

Bruno Canetti  venceu Luan Gazetta na decisão dos jurados

Card preliminar

Luiz Arcanjo Zandré finalizou Daniel Abelha no R1

Paulo César finalizou Sérgio Júnior no R1

Alex The Tiger finalizou César Balanta no R3

Alejandro Villalobos venceu Missael Silva por nocaute no R2

Felipe Douglas venceu Rodolfo Pérez na decisão dos jurados

Kevin Medinilla venceu Alessandro Gambulino na decisão

Will Galvão finalizou Elton Brown no R1

Cairo Rocha nocauteou Maurílio Alaba no R1

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.