Após liberação médica, Lyoto Machida inicia preparação para encarar Weidman

Share it
Lyoto Machida volta ao treinamento para o UFC 173 Foto Divulgacao

Em Los Angeles, Lyoto Machida treina para o UFC 173: “Não senti nada. Meu pé está novo em folha”. Foto: Divulgação

Totalmente recuperado da contusão que sofreu no pé direito na luta com Gegard Mousasi, em Jaraguá do Sul, Lyoto Machida já retornou aos treinos para o combate contra Chris Weidman no UFC 173. O evento será no dia 24 de maio em Las Vegas, e vale o cinturão da categoria dos médios. Liberado pela equipe médica do Ultimate da suspensão de 21 dias, o lutador retornou nesse dia 10 de março à academia Black House MMA, em Los Angeles.

Sem dores e com o preparo físico em dia, Lyoto teve a companhia de parte da equipe técnica para iniciar a nova fase. “Foi um treino técnico acompanhado pelo Rafael Cordeiro, Fabrício Werdum e Krzysztof Soszynski. Conseguimos manter um nível de intensidade médio durante uma hora e meia e não senti nada no local da contusão. Meu pé está novo em folha”, esclareceu Lyoto.

Sobre a estratégia para a luta contra Chris Weidman, Lyoto explica que ainda tem muito a analisar. “Durante a semana reforçaremos os trabalhos, mas ainda temos reuniões para fechar o direcionamento do plano de treino. Temos de fechar quais as estratégias são aconselháveis para essa luta; não é algo tão simples de fazer, mas meus técnicos são feras e teremos tempo suficiente para desenvolver um excelente trabalho até lá”, comentou o desafiante.

Questionado sobre a vitória também ser o passaporte para entrar em um seleto grupo dos lutadores do UFC, Lyoto foi cauteloso. “Claro que poder conquistar títulos em duas categorias diferentes é uma motivação única, seria uma honra. Apenas dois lutadores conseguiram essa façanha: BJ Penn e Randy Couture. O momento, porém, é de pensar no agora e voltar o foco aos treinos para que quando a luta acabe, aí sim, eu possa comemorar com a torcida brasileira”, ponderou.

E na sua opinião, amigo leitor? Machida será o cara a destronar Weidman? Ficou mais complicado para Weidman, ou Belfort estava mais embalado e era uma ameaça maior ao campeão dos médios? Comente.

Ler matéria completa Read more
There are 5 comments for this article
  1. Murilo M. de Sá at 2:10 am

    O Vitor ia moer o Weidman mas o UFC deu um jeitinho p isso nao acontecer. Apesar q o estilo do Machida nunca me agradou, ele e bem estrategico. Acho q o Weidman apesar de ser bom, teve muita sorte. Na primeira luta contra o AS, o Silva bobeou e na segunda parece que entrou completamente sesmotivado. Vai entender… Acredito no Machida dessa vez

Deixe um comentário para Betti Lauren Caraciolo Aquino Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.