Pan de Jiu-Jitsu 2014: acompanhe ao vivo de casa e confira os favoritos

Share it
Otavio Sousa vai brigar pelo título do Pan. Foto: Ivan Trindade/ GRACIEMAG

Otavio Sousa vai brigar pelo título do Pan. Foto: Ivan Trindade/ GRACIEMAG

Chegou a hora de mais um Pan de Jiu-Jitsu da IBJJF, e já podemos prever cinco dias incríveis de Jiu-Jitsu entre 12 e 16 de março.

No sábado e domingo – quando os faixas-pretas entram em ação –, tudo indica que veremos confrontos épicos.

Olhamos a lista de atletas inscritos e destacamos algumas das maiores atrações de cada divisão, para você assistir tudo de onde estiver. A IBJJF transmite via pay-per-view, aqui.

Confira nossos favoritos:

Galo – Sem Bruno Malfacine e Caio Terra, a divisão não tem favorito. Fabbio Passos, Koji Shibamoto e Milton Bastos estão entre os que podem levar o ouro.

Pluma – É a casa dos Miyao. João e Paulo vão competir no Pan pela primeira vez como faixas-pretas. Apenas cinco lutadores se arriscaram na divisão dos Miyao. Rafael “Barata”Freitas, do lado de João na chave, vai tentar estragar a festa da família. Será que a baratoplata vence o berimbolo?

Pena – Mário Reis, Justin Rader, Gianni Grippo, Isaque Paiva, Osvaldo Moizinho e Samir Chantre são destaques na busca pela medalha de ouro.

Leve – Numa categoria entupida de estrelas, Lucas Lepri e Michael Langhi se destacam, mas eles sabem que não há nada garantido. AJ Agazarm, Philipe Della Monica, Rodrigo Freitas, JT Torres e Nathan Mendelsohn são alguns dos potenciais obstáculos ao triunfo da dupla da Alliance.

Médio – Divisão com cara de Mundial. O bicampeão mundial Otavio Sousa quer este título, que lhe escapa há dois anos. Para chegar lá, ele terá de passar pelo campeão de 2013, Clark Gracie, e por Leandro Lo, Vitor Oliveira, Marcelo Lapela e Victor Estima.

Meio-pesado – Após fechar no ano passado, Guto Campos recebe o fenômeno Keenan Cornelius, que fará sua primeira apresentação no Pan como preta. Murilo Santana, Renato Cardoso, Felipe Pena e DJ Jackson não pretendem deixar o jovem astro da Atos ter vida fácil.

Pesado – Jackson Sousa e Yuri Simões querem repetir a final do Europeu deste ano, mas entre seus rivais estarão Lucas Leite, Alex Ceconi, Rafael Lovato e Roberto Tussa.

Superpesado – Bernardo Faria é o maior nome da seção. James Puopolo, Luiz Panza e Guybson Sá são seus principais obstáculos na busca do título.

Pesadíssimo – Alex Trans chega a Irvine já com o pescoço pesado de duas medalhas conquistadas no Europeu 2014, o ouro absoluto e o bronze no peso, quando abriu para colegas. Mas o dinamarquês vai precisar vencer ao menos uma pedreira para levar mais um título. Em sua categoria, está o forasteiro André Galvão. O dominicano Abraham Marte está inscrito e pode fazer um estrago.

Feminino

Mackenzie Dern retorna após se recuperar de séria contusão no joelho, assim como Bia Mesquita, contundida na perna. Penny Thomas, Luiza Monteiro, Talita Nogueira, Andressa Correa e Tammy Griego são outros grandes nomes da divisão feminina.

Para conferir as chaves, clique aqui.

Clique aqui para garantir seu passe para assistir ao Pan 2014.

Ler matéria completa Read more
There are 32 comments for this article
  1. Rodrigo Ribeiro at 9:39 pm

    Mais uma vez a GracieMag esquecendo de valorizar a participação do Rodrigo "Pimpolho" Fajardo. O atleta é o número 2 do ranking do meio-pesado, posição que sustenta há 1 ano, e número 15 do open-class da IBJJF,. Sem a participação do Rômulo Barral é o competidor da categoria melhor rankeado na disputa. A GracieMag utiliza o ranking da IBJJF como referência para "selecionar" os favoritos? Uma injustiça com o Pimpolho.

  2. Edson Mateus Yurkovski at 4:03 am

    Graciemag vamos ver quem anda faturando os campeonatos! André Campos vem fazendo pódio em mundial, pan no super pesado e nem assim ele nunca consta na lista de vocês? E o rodrigo Fajardo, temos o duríssimo Eduardo Telles no meio pesado

  3. Guto Oliveira at 3:10 pm

    Graciemag, qual o critério para um atleta ser favorito na opinião de vocês?
    Rodrigo Fajardo, Pimpolho, já fez guerras contra Bráulio Estima, Romulo Barral, Guto Campos, e ganhou do Renato Cardoso, Tarsis e muitos outros, tendo sido campeão europeu, brasileiro, sul-americano…..e nem assim ele consegue ser favorito na opinião de vocês?
    André Campos também, campeão sul-americano, fez guerras contra Big Mac, Leonardo Nogueira e nem assim é citado.
    Não entendo qual o critério utilizado por vocês.

  4. Dalmir Cezar at 3:45 pm

    A falta de informação atrapalha os leitores…Seria interessante fazer uma consulta antes de publicar qualquer coisa….a GracieMag nunca cita o nome do Rodrigo Fajardo "Pimpolho". Injustiça mesmo…até parece que existe uma panela nisso..sacanagem…

  5. Pedro Ivo at 4:28 pm

    nao to discutido kk, to so dizendo que no site la ta errado. Seria legal eles consertarem.Mas olha, esse ranking e meio torto, porque nao lista necessariamente os mehores e sim quem participa dos campeonatos da IBJJF, ex: o Rodolfo e oitavo no ranking O.o!! enquanto que o Bernardo e terceiro e ja lutou acho que umas 6 ou 7 vezes com o Rodolfo e perdeu todas !! Isso porque o Rodolfo so luta o mundial, mas todo mundo sabe que hoje em dia ele e o 2 Open class. Se brincar o buchecha tambem vai deixar de ser primeiro com o tempo, ja que provavelmente vai seguir o caminho do rodolfo e so lutar o mundial. O Keenan e o unico atleta ate hoje a ter o Grand Slam na roxa (peso e absoluto nos 4 maiores torneios da IBJJF), quase repetiu na marrom (so perdeu o absoluto no mundial) e chegou na preta ganhando tudo ja, inclusive o IBJJF Pro League contra o Jackson souza e ele e o 20 do raking meio pesado e acho que 60 e pouco do Open Class…O.o…ou seja, o raking nao e la mt confiavel.

  6. Rodrigo Castro at 1:53 am

    Acho engraçado vcs falarem que Keenan Cornelius é um fenômeno, como um fenômeno perde para um pena, então este pena que vcs se se referem a irmãos deveriam ser os super fenômenos, por ter ganhado de um fenômeno, parem com isso, só dizem isso a um atleta se ele é um invicto ou super campeão, que o Keenan Cornellius não provou ainda, que o Kron Gracie foi muito mais fenômeno que ele na marrom, com recordes de finalizações e quando chegou na preta foi parado por vários, não conseguindo até hoje ser campeão mundial……….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *