Gustafsson quebra invencibilidade de Manuwa no UFC em Londres

Share it
Alexander Gustafsson consegue mais uma vitória importante no UFC e pede Jones. Foto: UFC

Alexander Gustafsson consegue mais uma vitória importante no UFC e pede Jones. Foto: UFC

Com grandes lutas e ótimas finalizações, o UFC Fight Night realizado em Londres, neste sábado, dia 8 de março, teve no evento principal a afirmação de Gustafsson como top contender na divisão de pesos meio-pesados do UFC, ao vencer com propriedade o até então invicto Jimi Manuwa por nocaute técnico.

Na luta anterior, Michael Johson mostrou que está em grande forma na trocação e venceu o perigoso nocauteador Melvin Guillard na decisão. Antes, no card preliminar, Igor Araújo e Claudio Mineiro venceram suas respectivas batalhas na decisão dos jurados.

Com joelhada pontuda, Gustafsson vence Manuwa

Última batalha da noite, Alexander Gustafsson x Jimmi Manuwa era um daqueles combates que não se podia prever. Ambos exímios atletas na trocação, um detalhe poderia ser o diferencial entre a vitória e a derrota.

Gustafsson, vindo de derrota para Jon Jones pelo cinturão do UFC, encarou Manuwa, embalado por larga sequência de vitórias. No combate, o sueco ameaçou aceitar a trocação e logo derrubou Manuwa. No solo, ajeitou o corpo para tentar um ataque no braço, mas, sem sucesso, permitiu que Jimi repusesse a guarda, abrindo caminho para as marretadas do “The Mauler”.

Com o fim do primeiro assalto, o segundo round prometia um pouco mais. Sabendo do atraso na etapa anterior, Jimi parecia mais arisco, inclusive ao soltar um perigo overhand de direita que passou raspando em Gustafsson. Mas o loiro tem estrela, além de muita técnica. Ao vislumbrar uma brecha na guarda de Manuwa, Gustafsson acertou uma contundente joelhada, e não recuou até acertar uma ótima sequência que levaria Manuwa ao solo. Vitória de Gustafsson e o primeiro gosto amargo da derrota para Manuwa.

Johnson leva a melhor em duelo de trocação

 

No coevento principal da noite, Michael Johnson e Melvin Guillard pisaram no cage pela chance de alçar voo na divisão peso leve do UFC. Com promessa de trocação quente, o combate se iniciou com expectativas altas do público presente. Porém, o combate foi mais morno do que o esperado.

Se levarmos em conta que Johnson e Guillard são uns dos dois melhores trocadores da divisão, o combate foi bastante técnico. Na primeira etapa, bastante estudo entre os atletas, com Johnson solto mais o braço. Porém, apesar de tocar mais vezes, Guillard conseguiu uma boa direita e quase fechou uma plástica queda. Apesar da ligeira vantagem, tudo mudou no segundo assalto.

Com mais volume que no round anterior, ajudado com as tentativas de conectar de Melvin, Michael se achou no combate. Depois de uma rodada de vaias do público, Guillard foi para frente e Johnson conectou ótima sequencia, que balançou Melvin antes do fim da etapa.

O terceiro round foi mais do mesmo: Guillard esperava uma brecha para o golpe limpo, e Johnson rechaçava todas as tentativas ao responder com ótimas combinações o rosto desprotegido de Melvin Guillard. Vitória de Michael Johnson por decisão unânime.

Confira os resultados:

UFC Londres: Gustafsson x Manuwa
O2 Arena, Londres, Inglaterra
8 de março de 2014

Alexander Gustafsson venceu Jimi Manuwa por nocaute técnico a 1min18s do R2
Michael Johnson venceu Melvin Guillard na decisão unânime dos jurados
Brad Pickett venceu Neil Seery na decisão unânime dos jurados
Gunnar Nelson finalizou Omari Akhmedov na guilhotina aos 4min36s do R1

Card preliminar

Ilir Latifi finalizou Cyrille Diabate no estrangulamento aos 3min02s do R1
Luke Barnatt venceu Mats Nilsson por nocaute técnico aos 4min24s do R1
Claudio Mineiro venceu Brad Scott na decisão unânime dos jurados
Igor Araujo venceu Danny Mitchell na decisão unânime dos jurados
Louis Gaudinot finalizou Phil Harris na guilhotina a 1min13s do R1

 

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *