Toquinho esbanja confiança no WSOF: “Vou trazer o cinturão”

Share it
Toquinho busca seu recomeço no MMA já com disputa de cinturão. Foto: Carlos Arthur/GRACIEMAG

Toquinho busca seu recomeço no MMA já com disputa de cinturão. Foto: Carlos Arthur/GRACIEMAG

Rousimar Toquinho está prestes a voltar aos cages, mas o seu retorno vale mais que um título, vale sua busca por redenção. Após a polêmica envolvendo o atleta em sua mais recente luta no UFC, que lhe rendeu o desligamento da organização, Toquinho tem agora a chance de fazer uma luta de título, ao encarar Steve Carl pelo cinturão peso meio-médio do WSOF 9, no dia 29 de março, em Las Vegas.

Em entrevista a GRACIEMAG, durante evento no Team Nogueira Kite Point, Rousimar disse que está preparado para todas as situações, mas que o diferencial vai ser a vontade de vencer:

“Muita gente vem falando que ele não vai aceitar lutar comigo no solo, mas eu não acredito nisso. Acho que vai ser decidido na mente, quem tiver mais vontade de vencer vai levar, e eu estou com muita vontade de vencer”, disse o focado Toquinho.

Confira a entrevista na íntegra:

GRACIEMAG: Depois da polêmica no UFC, você assinou com o WSOF e já vai estrear com combate por cinta. O que essa reviravolta na carreira representa pra você?

Rousimar Toquinho: Representa minha volta após um momento conturbado, então é muito importante para mim. Tenho certeza que vou estar pronto. E pode ter certeza que eu vou entrar naquele cage voando!

Pela primeira vez você vai lutar por um cinturão, e numa divisão que é relativamente nova para você. Como você acha que seu corpo vai reagir a essa pressão?

Minha resistência melhorou muito nesse peso, a explosão e a força contínua também está melhor. Meu corpo está reagindo mais rápido em todos os sentidos. Acho que esse vai ser o diferencial.

E como andam seu treinos? Tem implementado algumas surpresas para a luta, além do Jiu-Jitsu refinado?

Meu treino em pé tem me dado muita segurança. Eu to treinando muito wrestling, boxe, além do Jiu-Jitsu. Meus treinadores viram os vídeos do Steve e estão a cada dia corrigindo meus pontos fracos, transformando eles em pontos fortes. Estou muito confiante, me sinto um lutador muito melhor hoje em dia. Uma coisa eu quero deixar claro, eu vou trazer esse cinturão para o Brasil.

E sobre o seu oponente? Quais surpresas ele pode trazer pra luta?

É um atleta duro, bom de Jiu-Jitsu e eu acho que pode aceitar o jogo de chão. Muita gente vem falando que ele não vai aceitar lutar comigo no solo, mas eu não acredito nisso. Acho que luta é luta e ela pode se encaminhar para qualquer lugar, e eu estou pronto para onde a luta for. Estou muito focado e com vontade de vencer, não acredito em mais nada. Vamos ver quem quer mais a vitória.

 

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *