Lyoto comenta recuperação do pé e analisa Weidman: “Tenho de estudar bastante”

Share it
Lyoto enfrenta Phil Davis dia 3 de agosto, no Rio. Foto: UFC/Alexandre Loureiro

Depois de vencer Mark Muñoz e Mousasi, agora Lyoto encara Chris Weidman. Foto: UFC/Alexandre Loureiro

Lyoto Machida é o novo desafiante de Chris Weidman na luta principal do UFC 173, no dia 24 de maio em Las Vegas, EUA. O anúncio foi feito pelo UFC na madrugada desta sexta-feira, 28 de fevereiro.

Com essa disputa pelo cinturão da categoria dos médios, Lyoto pode entrar no seleto grupo dos lutadores do UFC que têm títulos em duas categorias diferentes. Apenas BJ Penn (leve e meio-médio) e Randy Couture (meio-pesado e peso pesado) conseguiram o feito.

Após a última vitória contra Gegard Mousasi, em fevereiro, no evento de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina, Lyoto aguardava uma definição do UFC de quando seria o próximo combate. “Eu não queria ficar sem lutar por muito tempo e aguardava apenas um anúncio de quando e contra quem seria minha próxima luta”, pontuou. Quanto à disputa pelo cinturão, Lyoto recebeu com surpresa a notícia: “Sabia que podia lutar pelo título dos médios, mas fiquei surpreso quando soube que já disputaria logo agora em maio. Estava em casa com minha família quando recebi a notícia. Estou ansioso e muito feliz”.

Na última luta, Lyoto contundiu o pé direito, mas já foi liberado pelos médicos para treinar a partir do dia 10 de março. “Não houve fratura, já não sinto dores e estou andando bem. Até lá vou descansar um pouco com minha família, mas serão quase três meses de treino pesado e intensivo, tempo suficiente para estar preparado”, enfatiza.

Quanto ao oponente, Lyoto diz que conhece o estilo de Weidman. “Ele é um cara duro, completo e tem uma sede de vitória impressionante. Tem um bom jogo de chão e pode dar trabalho para qualquer um, mas estou bem preparado, minha última luta mostrou isso. Mesmo assim tenho que estudar bastante como será meu jogo de luta. Ainda terei que sentar com meus treinadores para fecharmos um plano de treinos eficiente”, finaliza.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.