Durante briga no vôlei, o papel do Jiu-Jitsu de dominar sem machucar

Share it

A última quarta-feira foi dia de jogos da superliga de vôlei, e a rodada ficou marcada pelo confronto de duas das melhores equipes do Brasil, o Rio de Janeiro e o Cruzeiro de Minas Gerais, que acabou vencedor. Mas, como é costumeiro em qualquer esporte, as altas taxas de adrenalina combinadas com a rivalidade quase descambaram para a briga. Quase.

Após o fim da partida, Mario Júnior, do time do Rio, empurrou o adversário Serginho na rede, e este ficou furibundo. Por sorte, o Jiu-Jitsu estava presente para conter as feras do vôlei. Serginho foi imobilizado pelo técnico cruzeirense Marcelo Mendes, que com sangue frio e destreza recorreu a imobilizações simples, como o cem-quilos, e acabou com a confusão. Veja como foi:

Ler matéria completa Read more
There are 10 comments for this article
  1. Junior Reis at 6:15 pm

    Sendo 100 kg ou não, o importante é que foi efetivo. Cumpriu o papel naquela hora, pessoal. Se vocês estiverem na necessidade, vão ficar procurando encaixar o 100 kg perfeitamente? É onde pegar, pegou! 🙂

  2. Danilo Raphael at 1:29 pm

    seussss anormais logico q n foi uma 100 kl perfeita pq o serginho e tecnico de volei n faixa preta d jiujitsu ou judo apenas utilizou o metodo da 100kl e deu completamente certo . vcs sao uma cambada de ignorantes chucros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *