Bellator convoca sargento brasileiro faixa-preta de Jiu-Jitsu

Share it
Thiago Minu no evento XFC, exibido pela Rede TV! Foto: MMA Sul/Divulgação

Thiago Minu no evento XFC, exibido pela Rede TV! Foto: MMA Sul/Divulgação

 

Sargento do exército brasileiro e faixa-preta de Jiu-Jitsu, a fera Thiago Meller “Minu” agora é do Bellator.

Em coletiva de imprensa na academia Boxer MMA, realizada na última sexta-feira em Porto Alegre, a equipe de Minu anunciou a novidade. O lutador estava entre o UFC e o Bellator, e assinou por seis lutas. Thiago Minu chegou a enfrentar José Aldo no Brasil, em 2006, quando perdeu por decisão majoritária.

Minu possui um cartel de 19 vitórias e cinco derrotas e vem de cinco triunfos consecutivos. Sua última vitória foi na luta principal do evento XFC, quando derrotou Clay French por nocaute técnico, no último dia 8 de fevereiro.

“Estou feliz por essa oportunidade. Comecei no MMA por hobby, mas sempre acreditei que poderia chegar a algum lugar. Por duas vezes, estive muito próximo do UFC, negociando por e-mail, o que me consumiu muito, pois estava acreditando naquilo. E o Bellator foi uma opção”, comentou Minu, no site Sul MMA.

“Junto com minha família, decidi pelo evento que me daria as melhores condições. Inclusive de levar meus patrocinadores, que sempre me apoiaram. Gostaria de agradecer a duas pessoas em especial: ao mestre Fabiano Boxer, que não me deixou baixar a cabeça quando pensei em desistir; e a minha esposa Cláudia, que me dá todo apoio. Eles acreditam mais em mim do que eu mesmo”, disse o atleta, com os olhos marejados e a voz embargada.

“Estamos vivendo hoje um marco no MMA gaúcho. Nessa hora, passa um filme na nossa cabeça. Temos de agradecer a tantas pessoas que preferimos nem citar para não causar injustiças. Em duas semanas, batemos dois recordes: antes de fechar com o Bellator, o Minu fez no XFC a principal luta de um gaúcho na história do MMA na televisão aberta brasileira”, lembrou Fabiano, treinador da fera.

“Já a ida do Minu para o Bellator vai abrir portas não só para outros atletas da equipe, como vai chamar atenção para o mercado de lutadores daqui”, apostou Boxer.

Ler matéria completa Read more
There are 9 comments for this article
  1. Ricardo Morales at 3:44 pm

    Claudio Santos, não. A Claudia trabalhava com o Vinicio e esteve no escritório algumas vezes. Tu cruzou com ela na portaria e no elevador muuuuitas vezes. Mas ela ainda não vestia a camiseta Minu. São dessas coisas da série "Porto Alegre é um C_!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *