MMA: Trator vence Ary Santos e fica com cinturão dos leves do Jungle Fight

Share it
Trator x Ary Santos. Foto: Divulgação

Trator x Ary Santos. Foto: Divulgação

Com casa cheia, o Jungle Fight 65 sacudiu a cidade de Madre de Deus, na Bahia, nesse domingo 2 de fevereiro. Uma das principais atrações do Madre Verão, festival cultural que agita o município até 15 de fevereiro, a competição levou aproximadamente 7 mil pessoas ao local. Em retribuição ao barulho da galera, somente duas lutas foram para a decisão dos jurados.

Além das lutas, o público teve a oportunidade de admirar o belo time de ring girls do Jungle Fight, capitaneado por Geisa Vitorino e Syllvia Andrade, integrantes fixas da equipe, e a ex-BBB Marien Carretero.

Na luta principal do card, Tiago “Trator” venceu Ary Santos e defendeu seu cinturão dos leves (70kg) pela primeira vez. Em luta marcada pelo equilíbrio técnico, Trator e Ary deram provas de que mereciam estar disputando o título. Após dois rounds de muita ação, Tiago mostrou que estava com o gás em dia e desferiu uma grande sequência de socos e joelhadas no rosto do oponente, que acabou com um profundo corte na testa, obrigando o médico a encerrar o confronto.

Michel “Demolidor” derrota Júnior Orgulho em sua estreia na organização

Estreando no evento de Wallid, Michel “Demolidor” mostrou o motivo de ser considerado uma grande promessa. Mais disposto durante o combate, o meio-médio levou a melhor sobre o baiano Júnior Orgulho e foi declarado vencedor por decisão unânime dos jurados.

Figurinha carimbada nas últimas edições do Jungle Fight, Nildo “Katchau” segue impressionando e provando estar entre os melhores pesos-moscas (57kg) do Brasil. O paraense colecionou mais uma vitória na edição 65 do evento. Apostando nos chutes e joelhadas voadoras, o lutador minou o gás de Renato Velame e fechou o combate com um grande nocaute no início do terceiro round.

Jungle Fight 65

Madre de Deus, Bahia

2 de fevereiro de 2014

Tiago “Trator” venceu Ary Santos por interrupção médica aos 2min48s do R3

Michel “Demolidor” venceu Júnior Orgulho por decisão unânime dos jurados

Nildo “Katchau” venceu Renato Velame por nocaute com 1min57s do R3

Rodrigo “Idrante” venceu Hoyama “Hell Boy” por nocaute técnico aos 2min30s do R2

Alexandre Cidade venceu Danilo Noronha por finalização (guilhotina) aos 2min44s do R2

Lantyer “Mão de Pedra” venceu Itaro Araújo por desistência ao fim do R2

Elizeu “Capoeira” venceu Rodrigo “Taigra” por nocaute técnico aos 2min57s do R2

Leonardo “Caveira” venceu Luciano Benício por finalização (mata-leão) aos 4m57s do R3

Fabricio “Negão” venceu Alex “Miudinho” por decisão unânime

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *