“José Aldo e Pettis seria a luta perfeita para apontar o melhor peso leve do mundo”

Share it
FOTO de Alexandre Loureiro  Inovafoto Jose Aldo treina no Rio com Popo

José Aldo, em treino com Acelino Popó no Rio: o campeão dos penas está na reta de colisão com o campeão dos leves Anthony Pettis. Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto

Este sábado será mais um dia de trabalho para o fenômeno brasileiro José Aldo (23v, 1d). No UFC 169, o amazonense faixa-preta de Jiu-Jitsu de André Pederneiras luta para defender seu cinturão do UFC pela sexta vez, contra o embalado americano Ricardo Lamas (14v, 2d). Pelo WEC, foram outras duas defesas.

Mesmo diante de tanta responsabilidade, Aldo já começa a sentir a sombra de um outro oponente. Se tudo correr bem na fria Newark, o UFC deve mesmo realizar um tira-teima capaz de lotar estádios: Aldo contra Anthony Pettis (17v, 2d), americano que detém atualmente o cinturão dos pesos leves do UFC.

A luta, marcada anteriormente para 3 de agosto de 2013 e cancelada por contusão de Pettis, é desejada abertamente pelo UFC, como Dana White deixou claro na última terça-feira, em entrevista coletiva à imprensa. Faltaria a definição, assim, da divisão em que o combate ocorreria.

“Tem de ser no momento certo. Se Aldo defender seu cinturão neste fim de semana e Pettis voltar bem e também vencer sua próxima luta, os dois se enfrentarão”, admitiu Dana White.

Para analistas e treinadores, porém, o campeão dos leves não tem muitos desafiantes à vista, já que Ben Henderson e Josh Thomson, no UFC on Fox de 25 de janeiro, decepcionou fãs e cartolas. A luta morna aceleraria a realização de Aldo x Pettis. Outra opção para Pettis, que deve retornar em julho, seria encarar outro homem-show, o faixa-preta Gilbert Melendez.

O campeao do UFC Anthony Pettis eh faixa azul do professor carioca Diego Moraes

O campeão do UFC Anthony Pettis (ao centro) é faixa-azul do professor carioca Diego Moraes, aqui de bermuda xadrez. Foto: Acervo Team Moraes/Divulgação

“Acredito que tanto Aldo quanto Pettis queiram esta luta, então deve sair mesmo em 2014”, comentou Diego Moraes, treinador de Jiu-Jitsu de Anthony, em papo com o GRACIEMAG.com. “Este combate seria perfeito para apontar o melhor peso leve do mundo. Só não seria tão justo que um tivesse de abandonar seu título para fazer esse tira-teima. Eu vejo como melhor opção uma luta no peso casado de 150 libras, ou 68kg, um peso intermediário entre o pena e o leve. O vencedor entraria para a história e o derrotado não precisaria ficar sem seu cinturão”, palpita Diego.

E você, leitor, vê o duelo com bons olhos? Se derrotar Ricardo Lamas, José Aldo mandaria bem em enfrentar Anthony Pettis? Seria histórico ou seria furada, para você?

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *