Árbitro do Europeu explica passagem de guarda de Rafa Mendes em Miyao

Share it
Rafa passa a guarda de Paulo

Rafael fecha o triângulo para conquistar a passagem de guarda contra Paulo Miyao. Foto: Ivan Trindade

Um dos mais experientes árbitros do Jiu-Jitsu internacional, o faixa-preta Eduardo “Anjinho” Baião foi o juiz principal da final do peso-pena do Europeu da IBJJF, entre os astros do esporte Rafael Mendes (Atos) e Paulo Miyao (Cícero Costha).

Como alguns leitores de GRACIEMAG e parte da torcida não enxergou a passagem de guarda, pedimos para o árbitro da IBJJF que destrinchasse a manobra, e por que decidiu dar prontamente os três pontos da passagem de Rafa, a cerca de 6min50 de combate.

Como prega o famoso comentarista, para Anjinho a regra também é clara:

“A guarda no Jiu-Jitsu se caracteriza pelo uso de uma ou duas pernas para impedir que o adversário conquiste a posição de imobilização por três segundos. Ou seja, para passar, o atleta precisa se manter três segundos livre das pernas de seu adversário. Mesmo que o atleta que esteja fazendo guarda fique completamente em decúbito lateral, ou deitado de lado, caso o lutador por cima domine a posição por três segundos ou mais, a posição é considerada como uma passagem de guarda”, detalha o brasileiro.

“O atleta Rafael Mendes conseguiu chegar na posição norte-sul, livre das pernas de seu oponente e mantendo-o preso com um triângulo invertido até conquistar os pontos referentes à passagem de guarda. Somente após conquistar os pontos, Rafael abriu então o triângulo, possibilitando a reposição de guarda por parte do adversário, Paulo Miyao”, justifica.

Reveja a luta acima e veja se ainda há motivo para contestar. Comente com a gente o que achou, e ajude o Jiu-Jitsu a evoluir também.

O corpo de arbitragem no Europeu de Jiu Jisu.jpg

Anjinho, ao lado de Muzio de Angelis no centro, e o corpo de arbitragem do Europeu de Jiu Jisu em 2014, em Portugal. Foto: IBJJF

Ler matéria completa Read more
There are 26 comments for this article
  1. Fabiano Lenda at 5:18 pm

    Uma imagem vale mais do que mil palavras. Veja as imagens e verão que o que o arbitro está falando é apenas tentando justificar o que não tem justificativa. A imagem desmente cada palavra.
    Errar humano, reconhecer o erro é consertar parte do erro.

    Lógico que nada disso tira o mérito da vitória do Rafael Mendes, que iria vencer a luta de qualquer maneira, nas vantagens, e merecidamente. Rafa tem mais experiência que o Miyao, e por isso venceu a luta. Mas não passou a guarda, não no eropeu.

    Que venha o mundial.

  2. Dougglas Rocha at 5:43 pm

    conseguiu passar e pronto ! Não tem nada que contestar. A regra é clara, e foi muito bem esclarecida acima pelo arbitro. Parabéns ao Rafael Mendes pela ótima vitória sobre o enjoado e difícil jogo dos miyao.

  3. Dougglas Rocha at 5:43 pm

    conseguiu passar e pronto ! Não tem nada que contestar. A regra é clara, e foi muito bem esclarecida acima pelo arbitro. Parabéns ao Rafael Mendes pela ótima vitória sobre o enjoado e difícil jogo dos miyao.

  4. Dyego Turl at 5:54 pm

    São dois guerreiros talentosíssimos e fizeram um combate disputado do início ao fim. Esses caras ainda vão se esbarrar mais vezes por aí!
    Respondendo a pergunta do artigo, houve sim a passagem de guarda, o fato da perna do Paulo Myiao entre as pernas d Rafa Mendes (foto), não descaracteriza a passagem como alguns posts aqui estão dizendo, uma vez que a perna não oferece nenhum tipo de perigo ou bloqueio ao ataque do Rafael, que consegue estabilizar tempo que a regra impõe (3seg).

    Passagem difícil e o árbitro tem que ter peito pra marcar, mas lembrando que as finais de preta também tem os árbitros laterais que precisam validar as decisões do árbitro central.

    http://www.aprendajiujitsu.com.br

  5. Fabiano Lenda at 6:07 pm

    Tiago Pereira, talvez vc não conheça a regra a fundo, por isso, fez esse comentário. Independente do que ainda esteja tocando, se o adversário ainda estiver brigando pela posição, com chances reais de repor, ainda não é considerado passagem.

  6. Fabiano Lenda at 6:10 pm

    Eu treino com 3 arbitros da Cbjj e IBJJF. Nenhum deles viram passagem. Vimos e revimos o vídeo algumas vezes, e não vimos a passagem.

    Quem não estava em lisboa, talvez não saiba, mas durante o momento da passagem, a torcida grito: "1, 2, 3…", e isso fez com que o arbitro agisse no impulso, na pressão.. e isso conta!

    Levando em consideração o que eu vi, o que os meus amigos arbitros viram, e relatos de quem estava lá, formo minha opinião; Não foi passagem.

    Porem, mesmo assim, o excelente atleta Rafa Mendes, que sou muito fã, ganhou a luta nas vantagens e punições.

  7. Misael Miranda at 6:58 pm

    Fabiano Lenda me desculpe!!
    mas esta claro que passou! o amarram do Miyao tem uma boa guarda mas o Rafael mendes passou sim! e Parabens para o arbitro Anjinho no meu ponto de vista o melhor arbitro da ibjjf!

  8. Rogério Bessa at 8:10 pm

    sem sombra de dúvidas passou, dentro do limite minimo de 3 segundos mas passou… nas minhas contas aqui deu 4,2 segundos olhando em camera lenta……..Talvez fique um pouco complicado de entender pelo fato desses japoneses serem muito flexiveis, porem as duas pernas dele foram passadas, o rafael ficou na transversal do oponente!!!!! o japones caiu no seu próprio erro!!! quem manda ser de borracha! kkk

  9. Gabriel Magalhães at 10:06 pm

    Foi passagem com certeza, agora na minha opinião os miyao precisam ser mais agressivos nessa guarda ficar só na defensiva e ganhando por vantagem e jogando no berimbolo não serve de nada contra um cara como o rafael que não só é um mestre no próprio berimbolo como tambem é um passador sensacional, e isso não é só contra o Rafael mas tambem contra todos os grandes adversarios que eles ainda vão enfrentar, se só ficarem defendendo não vão evoluir nada e vão ser mais um caso de grandes faixas marroms que dispencaram na preta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.