Histórias de superação marcam luta principal do Jungle Fight 65

Share it
Trator e Ary fazem a luta principal do Jungle na Bahia. Foto: Divulgação

Trator e Ary fazem a luta principal do Jungle na Bahia. Foto: Divulgação

Em sua segunda edição em 2014, o Jungle Fight aterrissa em Madre de Deus, Bahia, no próximo domingo, às 20h30, com sua edição de número 65. O evento será uma das atrações do festival Madre de Verão, que esquenta o município com espetáculos culturais, esportivos e musicais, entre os dias 10 de janeiro e 15 de fevereiro. No combate mais importante da noite Tiago “Trator” defende seu cinturão dos leves contra Ary Santos. Em comum, está a vida marcada por provações e grandes desafios para alcançarem o sucesso em suas carreiras.

Natural de Laranjal do Jari, no interior do Amapá, “Trator” faz questão de agradecer ao evento por sua projeção nacional e reafirmou a importância da organização em seu crescimento profissional.

“Lutar no Jungle Fight foi primordial para mim. Através das minhas vitórias no torneio consegui patrocínios e apoios que nunca tinha conseguido anteriormente. Passei por muitas dificuldades e, por isso, agradeço muito aos organizadores. Espero defender meu cinturão por um bom tempo. Estou muito empolgado para manter esse título aqui no Amapá”.

Questionado sobre as qualidades do desafiante Ary Santos, o amapaense não titubeou e prometeu uma grande luta para os fãs do esporte.

“Fiz um bom camp de preparação e me sinto pronto para defender esse cinturão. Estou vindo de uma grande sequência de vitórias dentro do evento, isso me dá moral e me motiva a planejar objetivos ainda maiores. Sei que vou ter pela frente um adversário complicado, mas o que posso prometer é que vou dar o meu melhor dentro do cage. Vai ser um grande duelo, o público pode aguardar”.

Desafiante ao título dos leves, Ary Santos também tem uma trajetória de vida marcada por superações e foi praticamente retirado das ruas através do incentivo dados pelas lutas.

“Sou muito grato ao Jungle Fight. O Wallid Ismail e ao Bebeo Duarte que acreditaram em mim e me tiraram de um caminho errado, eles praticamente me tiraram das ruas. Espero retribuir a confianças deles, quero subir lá no cage e sair na porrada para conquistar esse cinturão. É a minha chance de melhorar a minha vida e da minha família” disse o lutador que conta, até o momento, com um cartel de seis vitórias e três derrotas na carreira.

Consciente das dificuldades de enfrentar o atual campeão Tiago “Trator”, que vem de uma sequência invicta de seis combates dentro da organização, o atleta da Arena Champs promete não fugir de suas características.

“O meu instinto é de buscar sempre a luta de chão e dessa vez não será diferente. Sei das dificuldades em enfrentá-lo. É um oponente muito difícil, mas pude notar algumas brechas no seu jogo e vou explorar isso para sair vencedor. Estou muito bem treinado e espero poder mostrar isso dentro do cage”, disse o faixa-preta de Jiu-Jitsu, que já venceu quatro duelos por finalização dentro do Jungle Fight.

Jungle Fight 65
Madre de Deus, Bahia
Domingo, 2 de fevereiro de 2014

Tiago “Trator” (Mikito Team) X Ary Santos (Arena Champs) – Cinturão 70Kg
Junior Orgulho (Champion Team/ Nordeste JJ) X Michel “Demolidor” Pereira (Base MMA club) – 77Kg
Renato Velame (Champion Team) X Nildo Katchal (Roxo Strike) – 57kg
Danilo Noronha (Popó Fight Team) x Alexandre Cidade (Team Tavares) – 70Kg
Kleber Orgulho (Champion Team) X Wendres “Godzila” da Silva (Pitbull Brothers) – 84Kg
Hoyama (Team Madre Fight) X Rodrigo “Hidrante” (Roxo Strike)
Rodrigo Taigra (Gracie Barra Bahia) X Eliseu “Capoeira” (CM System) – 77Kg
Leonardo Laiola “Caveira” (Champion Team) X Luciano Benício (Nova União) – 66Kg
Fabricio “Negão” Jonas (Nova União) X Alex Miudinho (Champion Team/ Nordeste JJ) – 66Kg
Lantyer Ribeiro “Mão de Pedra” (Team Madre Fight) X Italo Araujo (Champion Team) – 66Kg

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *