Em Tóquio, Gracies encaram Sakuraba na modalidade que lançou o ídolo japonês

Share it

Ávidos fãs da técnica Gracie, os japoneses não economizaram mundos ou fundos para realizar um sonho do público: rever o ídolo Kazushi Sakuraba novamente em cima de um ringue contra lutadores da família.

O inusitado reencontro de Saku com os Gracie deu-se no último dia 4 de janeiro, no suntuoso Tokyo Dome, palco do evento de lutas ensaiadas Wrestle Kingdom. O evento, promovido pela New Japan Pro Wrestling, organização que lançou o astro japonês e ídolo do extinto Pride, atraiu quase 40 mil espectadores, superando a plateia do ano passado.

http://www.youtube.com/watch?v=e6IpODWrmkM

Rolles e Daniel Gracie, com o tradicional kimono e caras de mau, acabaram por seguir uma trilha aberta anteriormente pelo primo e treinador Renzo Gracie, que promoveu, no ano 2000, uma luta de chão de exibição com o então senador Antonio Inoki, herói nacional no Japão.

Na apresentação, Saku, o caçador de Gracies, contou com a ajuda do veterano Yuji Nagata, devidamente estrangulado pela lapela do kimono de Daniel Gracie, em golpe “severamente” desaprovado pelo árbitro/ator.

Confira a apresentação, a partir de 7min30s do vídeo acima.

Relembre, a seguir, o embola no chão entre Renzo Gracie e Antonio Inoki, realizado em 2000.

Ler matéria completa Read more
There are 13 comments for this article
  1. Yury Andrade at 2:47 am

    A que ponto a familia Gracie chegou,a familia mais respeitada dentro das artes marciais vem participando de eventos desse tipo.Coisa que os saudosos Mestres Helio e Carlos Gracie tanto abominavam agora alguns membros da familia estão fazendo.Acusações serias cotra a CBJJ e agora mais essa palhaçada.QUE VERGONHA.

  2. Genah Belmont Do Sacramento at 5:43 pm

    Nobres amigos comentaristas,este evento não passou de uma grande festa,este espirito de mostrar a nossa Arte que encantou e encanta o mundo,são estrategias que o mundo ultiliza para que nossos herois não caiam no ostracismo,deveriamos fazer o mesmo com:Johil de Oliveira,Marcos Ruas,Ebenezer,Depedro,Macaco,Pelé,alan gois, asoerio silva,pedro rizzo,e tantos outros
    que mostrou ao mundo o Vale tudo esporte 100% brazuca,Oss.

  3. Oliver Queen at 5:38 am

    acima da rivalidade o esporte trabalha o espírito, afinal ninguém
    tem um corpo que luta em alto nível pra sempre, no que o corpo vai se desgastando o espírito deve ficar mais forte.

  4. Leandro Chambarelli at 1:32 pm

    Hoje tem Gracie dando faixa pela internet; dando seminário e aulas abolindo o palito; a própria IBJJF modificou o nome das posições traduzindo-as para o inglês para se adequar ao mercado intencional… Bem, infelizmente o dinheiro fala mais alto e essência do jiu-jitsu com isso vai se perdendo. Tenho orgulho de ainda fazer parte de uma escola tradicional na qual o maior prazer do Mestre não foi ficar rico mas ver seus alunos aprenderem o verdadeiro jiu-jitsu. VIVA CARLSON GRACIE!!!!

  5. Suzelle Rodrigues at 7:40 pm

    Aê galera , vamu deixar de maldade e reconhecer o óbvio – É no Japão onde os gracies mais são reconhecidos e venerados, o Pride sempre manteve suas portas abertas à família, outros eventos japoneses idem, mesmo perdendo algumas no japão nunca deixaram de ser valorizados, pois foi este clâ quem manteve a técnica viva quando a mesma corria risco de extinção. Portanto, nada mais justo que os Gracie acatarem um pedido dos Japoneses- eternos apaixonados pela arte marcial- de demonstrar suas técnicas de jiu-jitsu e valetudo em uma exibição artística para o público. OSSS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *