Antes de Anderson Silva: lembre outras 5 contusões que marcaram o MMA

Share it

Como todo esporte de impacto, lesões são casos isolados, mas uma realidade. Até em modalidades mais brandas, como vôlei e tênis de mesa, as contusões mais sérias são raras, mas suscetíveis a ocorrer. A lesão de Anderson Silva, no UFC 168, chocou o mundo e colocou a reputação do esporte em cheque.

Porém, outras lesões anteriores levantaram a mesma polêmica, sempre superada pela segurança e profissionalismo que o esporte proporciona para seus atletas, equipes e envolvidos no geral. GRACIEMAG mergulhou no baú e buscou outras contusões que marcaram a história do MMA. Veja:

1. Mauricio Shogun, durante luta com Mark Coleman no Pride 31

O fenômeno Shogun enfrentava o veterano Mark Coleman. Não durou muito. Ao tentar escapar do embrace de Coleman, Mauricio caiu de mau jeito sobre seu braço, e quebrou pouco acima do cotovelo. Veja abaixo:

 

2. Carlão Barreto, durante luta com Vladimir Matyushenko no Jungle Fight 4

Nos primórdios do evento de Wallid Ismail, o hoje comentarista Carlão Barreto encarou o casca-grossa Vladimir Matyushenko. Carlão vinha melhor no combate, mas sofreu uma lesão repentina no joelho, e esta obrigou o combate a ser interrompido. Veja:

http://www.youtube.com/watch?v=Xy3IV0dmR-A

3. Jon Jones, durante luta com Chael Sonnen no UFC

Jones foi salvo por poucos segundos de perder o seu cinturão por conta de uma lesão no dedo. Ao pressionar Chael Sonnen no cage, Jon Jones torceu seu dedão do pé.

Jones venceu pouco antes do fim do primeiro assalto, mas era certo que o campeão não seria liberado para voltar ao segundo round. Que sorte, não?

 

4. José Aldo, durante luta contra Chan Sung Jung no UFC

Como vimos na luta de Anderson, por vezes o ataque pode trair que o desfere num combate de MMA. Na luta em questão, José Aldo soltou um de seus poderosos chutes baixos e um deles acertou o joelho do Zumbi Coreano. O pé de Aldo logo inchou, mas o cinturão peso pena foi devidamente defendido.

O resultado da luta? Vitória de José Aldo por nocaute técnico… e um chute que deslocou o ombro do coreano.

O pé inchado de Aldo na luta com o Zumbi Coreano. Foto: UFC/Divulgação

O pé inchado de Aldo na luta com o Zumbi Coreano. Foto: UFC/Divulgação

5. Mirko Cro Cop x Josh Barnett no Pride 28

Uma lesão estranha ocorreu no Pride 28. Cro Cop e Barnett entraram no ringue para se degladiar, mas Barnett já havia pisado no cercado com o ombro lesionado. Após tentar finalizar sem força no braço, e ter passado alguns minutos segurando o peso da guarda do boxe, Barnett, ao tentar livrar o braço direito no solo, se apoiou no esquerdo e o ombro não resistiu. Veja:

Ler matéria completa Read more
There are 13 comments for this article
  1. JP Marco at 11:48 pm

    Seu cú, ele poderia ter evitado a lesão, mas preferiu ter o ombro deslocado, isso era óbvio e no mais não viaja, Minota foi pnc naquela luta poderia ter batido e evitado mas não.

  2. João Glauco at 3:35 am

    Os irmãos Marajó (Iure e Ildemar) já sofreram lesões como a do Anderson quando lutavam aqui em Belém, a do Iure não lembro ql foi o evento, mas a do Ildemar foi no Amazon Fight!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *