Será que Anderson Silva se aposenta após o UFC 168?

Share it

Anderson Silva, 38 anos, volta a falar de aposentadoria. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Anderson Silva, 38 anos, volta a falar de aposentadoria. Foto: Josh Hedges/Zuffa LLC via Getty Images

Depois de especular sua aposentadoria após o UFC 162, quando perdeu o cinturão peso médio para Chris Weidman, e retornar aos cages, o maior recordista do Ultimate voltou a tocar no assunto. Em entrevista ao MMA Fighting, Anderson revelou que existe grande possibilidade dele pendurar as luvas após a luta de hoje, no UFC 168.

A vontade já existe. Anteriormente, o ex-campeão havia dito que estava cansado de lutar, que a pressão de ser campeão era muito grande, que os longos camps o afastavam de sua família, seus amigos, sua rotina de mero mortal. Para o combate deste sábado, Anderson fez diferente: enxugou a equipe, tornando o ambiente de treinos mais estreito, além de ter a proximidade com sua esposa e filhos retomada, com a criação de sua academia e o fato de estar morando próximo a mesma.

Com isso, Anderson poderia rechaçar os motivos anteriores da almejada aposentadoria, então porque voltar ao assunto? Bem, o sonho maior do Aranha, deixando o UFC em reserva por um momento, é um combate nas regras do boxe com Roy Jones Jr. O próprio boxeador havia dito que aceitaria o combate, caso Anderson vença Weidman em Las Vegas. Será este motivo do combate? Provavelmente não.

Vamos com o “poder de persuasão” de Dana White. O careca todo poderoso do UFC fez de tudo para que Anderson fizesse a revanche imediata com o atual campeão. Deve ter sido trabalhoso, mas Anderson resolveu fazer a luta. Imagine o montante em jogo, hein? Bem, resolvido o impasse, voltamos ao “para ou não para” de Anderson, com dois possíveis cenários:

1° – Anderson vence e retoma seu cinturão.

O cenário perfeito para se aposentar. Venceu o seu único algoz no UFC, aquele que “supostamente” só superou num deslize de grandeza por estar há 7 anos no poder, e agora, após se reafirmar como supercampeão do Ultimate, pode finalmente abandonar os cages no ápice do sucesso, como fez Pelé outrora, receita que se mostrou eficiente para construir um legado no esporte.

2° – Anderson perde e Weidman mantém o cinturão.

Noite triste. Anderson afirma sua posição de mero mortal e mais uma vez é superado pelo jovem e ávido Weidman. Orgulho ferido, promessas ao vento e novos ataques do público com “foi vendido”, “ele mereceu” e “já vai tarde”. Anderson, abatido, anuncia ali mesmo, no octagon que está abandonando o UFC. O maior de todos os tempos segue a linha de GSP, de maneira diferente, e dá lugar para novos talentos do MMA.

Os dois cenários remetem ao fim da carreira de Anderson, e ambos são plausíveis, certo? Nem tanto. Anderson Silva, além de ter um contrato de mais oito lutas assinado com o UFC, recebe uma bolsa astronômica a cada vez que luta, além dos contratos de patrocínio e peças publicitárias que participa. Tudo isso diminuiria com sua aposentadoria. E mais, seus treinadores e pessoas próximas dizem que nunca viram o Anderson tão bem preparado para uma luta. Será que o supercampeão teria chegado ao topo de sua forma, somando experiência e técnica, assim como Vitor Belfort afirma estar?

Em entrevista ao Combate.com, Jorge Guimarães, o Joinha, empresário de Anderson, disse que não acha provável que o Aranha vá pendurar as chuteiras, usando como base o salário e a boa forma do atleta, sem contar o contrato. Quem melhor do que o agente do Anderson Silva para falar sobre o assunto, não?

Pois bem, tirando as especulações, só saberemos o final dessa história após a luta, tão aguardada pelos fãs do UFC. Mas a pergunta final fica para você, leitor: Deveria Anderson Silva se aposentar? E caso aconteça, o que o campeão deixa de legado para o esporte? Abra o debate conosco!

5_KEIKO_RodapeVIP_850

Ler matéria completa Read more
There are 3 comments for this article
  1. Leonardo Arero at 12:21 am

    Cara simplesmente de nunca desistir do que quer , ele se tornou um grande lutador e uma grande pessoa e para muito e ate mesmo para min meu idolo e o maior lutador de mma da historia , Anderson deixa seu legado de que tudo e possivel ate mesmo quando a vida te coloca de joelhos se vc e tão forte para ficar de pe e continuar forte , vc e um vencedor ossssssssss , se no caso de aposentadoria seu legado sera deixado para que todos saibam quem foi o grande spider , Anderson Silva.
    ossssssssssss

  2. Gog Magog at 6:52 pm

    O Anderson nunca foi um grande lutador, teve sorte em não ter enfrentado o Weidman mais cedo. Ele ainda achava engraçado se um dia enfrentasse o seu clone. A vida lhe proporcional um cara melhor que ele e o clone dele. Por isso, é importante controlar a língua na boca antes de falar qualquer besteira. Não soube a hora de parar, vai ser lembrado como um lutador do UFC, até o dia em que enfrentou um cara melhor do que ele. Se ele tivesse lutado sério o primeiro combate contra o Weidman, poderia estar aposentado como GSP. Agora com duas derrotas no UFC, e o tempo que vai levar para se recuperar, mais o tempo para entrar em forma, é melhor que se aposente!!

  3. Shirley Bastos at 6:53 pm

    E por que não? Pelo menos, não vai parar por causa de uma derrota. Todo mundo tem que se aposentar, um dia. Por que não aproveitar o momento!
    Foi duro e horrível, o que aconteceu, mas a vida é assim! Agora é tentar tirar alguma lição desse momento, aproveitar tudo o que aconteceu para tirar alguma lição e porque não se aposentar, já que tem o que fazer( até dublagem ele já faz!).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *