Lucas Lepri dá 5 dicas de Jiu-Jitsu para você revolucionar sua guarda em 2014

Share it
Lucas Lepri e sua guarda afiada em foto de GRACIEMAG

Lucas Lepri e sua guarda afiada, em foto de GRACIEMAG.

Campeão mundial de Jiu-Jitsu dotado de ótima guarda e excelentes passagens, o peso leve mineiro Lucas Lepri listou para você, leitor de GRACIEMAG, cinco conceitos que ele mais preza quando luta por baixo. Aprenda a ser um guardeiro confiante, com o professor da Alliance.

1. Jiu-Jitsu e o quadril

“O quadril é um fator importante”, reforça Lepri. “Repita e trabalhe muito a fuga de quadril, tanto para trás como para frente, para deixar seu quadril mais solto. Eu recomendo exercícios na parede também, que podem ser realizados antes do treino como aquecimento: deite de costas no tatame, bote os dois pés na parede como se estivesse fazendo guarda e, sem desgrudar os pés de lá, gire virando a cabeça para baixo”, explica ele.

2. Força nas pegadas

“A pegada precisa estar em dia para você poder segurar aquele oponente que às vezes não para nem um minuto. O que ajuda a afiar a pegada é o treino e exercícios como subir corda e fazer barra com kimono. Gosto de fazer a barra segurando na manga do paletó, e ainda colocando um peso em mim”, sugere Lepri.

3. Invista nos treinos específicos

“Gosto dos treinos específicos para lapidar bem cada tipo de golpe. Sugestão: seu parceiro de treino fica em pé e você vai iniciar sentado tentando o single-leg, e vai procurar girar por baixo dele e catar a outra perna. Execute o mesmo movimento várias vezes, de um lado para o outro. Na mesma situação, o companheiro em pé agora vai aplicar a passagem de guarda toureando e botar o joelho na sua barriga. Você então vai procurar fazer a fuga de quadril recolhendo a outra perna e botando o amigo na guarda aberta”, detalha o professor.

“Outro bom treino: seu companheiro faz a passagem de guarda sem levantar, usando os dois braços por baixo da perna para emborcar você. Para dominá-lo, segure as mangas e conforme ele for tentando passar, vá abrindo as pernas e pesando-as no bíceps dele, para repor. Se precisar, bote os pés no chão para dar um apoio extra”, sugere.

4.  Treine todas as guardas e seja versátil

“É fundamental fazer treinos específicos e trabalhar todos os tipos de guarda, para que você possa ficar um pouco mais confortável em todas as situações. Mesmo que você tenha seu estilo por baixo favorito, adapte-se a qualquer estilo de guarda”, resume.

5. Saiba passar a guarda também

“Na minha opinião é muito importante saber passar a guarda bem para ser um guardeiro esperto. Você, como passador, vai entender melhor o que o oponente está tentando executar. Com isso, fica mais fácil para você trabalhar a defesa e consequentemente o contra-ataque”, ensina o campeão mundial dos leves de 2007 pela IBJJF.

E para você, ligado leitor? Qual seria sua melhor dica para um praticante que está passando dificuldades ao fazer guarda no Jiu-Jitsu? Mande sua lição.

Ler matéria completa Read more
There are 7 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *