5 dicas para seu kimono de Jiu-Jitsu durar mais

Share it
Ronaldo Jacaré e sua armadura de pano. Foto: Reprodução/Facebook

Ronaldo Jacaré e sua armadura de pano. Foto: Reprodução/Facebook

Parte essencial no treino de Jiu-Jitsu, o tradicional kimono é a ferramente básica para o atleta que quer se destacar na arte suave. Não importa seu estilo, um bom treino de pano é sempre o caminho para ficar fera no solo.

Mas a pergunta é: como você cuida de sua armadura? Pescamos algumas boas dicas sobre cuidados com o kimono no site da Gracie Barra, extraímos a essência e trouxemos para você, estudioso leitor, cinco dicas para manter seu kimoninho sempre pronto para seus treinos e campeonatos. Confira abaixo:

1- Tenha um número de kimonos confortável para sua rotina de treinos

Se você treina todos os dias, ou boa parte da semana, seu kimono não secará a tempo, ficando sujo e desgastado. Com um kimono você pode treinar a semana inteira e lavar sua armadura nos finais de semana. Agora, para rotinas de treinos mais puxadas, tenha no mínimo dois kimonos, e use um a cada dia, lavando o outro.

2- Não utilize alvejantes, cloro ou similares na lavagem do seu kimono

O tecido perde resistência e pode até rasgar. Quer uma dica? Nos kimonos brancos você pode utilizar bicarbonato de sódio, 1/2 copo americano por kimono a ser lavado. Ele ajuda a deixá-los ainda mais brancos e sem agredir o tecido. Outra dica é passar sabão de coco nas lapelas, para auxiliar na retirada do encardido que fica no local. Já nos coloridos, evite lavar na máquina. Tente lavar à mão, utilizando sabão neutro ou sabão de coco e utilize uma escova para esfregar as manchas. Dá trabalho, mas vale a pena.

3 – Tente lavar seu kimono sempre que puder

O suor é ácido e altamente corrosivo ao tecido. E mais, porque treinar com o kimono sujo se você pode se apresentar com aquela roupa bem limpinha e estalando? O atleta deve sempre se apresentar com o seu melhor, isso demonstra respeito ao professor e aos companheiros de treino. Nada de kimono “cinza”, galera!

4 – O kimono deve SEMPRE secar na sombra

O calor faz com que as fibras fiquem duras e ásperas, além de ficar mais propício a encolher. Outro revés é que, com o kimono duro como pedra, seus movimentos ficam mais limitados. Ninguém quer ficar engessado no treino, né? Ah, e nada de secadoras.

5 – Nunca abandone seu kimono sujo

Nem dentro de cestos, armário, porta-malas do carro, mochila, nada disso. O kimono passa a se tornar um sachê de mau cheiro, e abafar o pano suado faz com que ele se torne um prato cheio para proliferação de bactérias. Não deu pra lavar na hora? Estenda em algum lugar arejado.

E para você, sábio leitor, que conhece outra dica para conservar o kimono como novo, deixe nos comentários e divida com a gente!

Ah, e caso você queira um kimono novinho para treinar, clique em um dos banners abaixo e confira nossas ofertas!

5_KORAL_RodapeVIP_8501
5_KEIKO_RodapeVIP_850

Ler matéria completa Read more
There are 24 comments for this article
  1. Edinho JJ at 6:50 pm

    Nunca seque o suor do rosto com as mangas, leve sempre uma toalha para o treino, secar o rosto repetidamente durante o treino com as mangas fara com que elas recebam cargas excessivas de suor ácido e o Kimono certamente ficará aos frangalhos nas mangas e o restante estará ainda em bom estado de conservação!

  2. Murilo Cilli at 7:14 pm

    Secar no sol deixa o kimono duro e estoura as fibras do traçado muito facilmente, seque sempre na somba, enxague duplo, e use sempre amaciante, no último ciclo de molho, há 10 anos faço dessa forma, meus kimonos sempre duraram além da média.

  3. Wesley Nogueira Rodrigues at 7:22 pm

    Aqui na gringa tem um produto chamado "Oxi Clean". Não sei se tem ai no Brasil, mas eh bacana! lavo sempre meus quimonos com ele pra tirar o cheiro e o encardido!

  4. Fabio Nakamura at 12:34 am

    Aqui no Brasil tem um muito bom, LysoForm, frasco cor laranja…
    Muito bom é bactericida e fungicida! E tem também em spray, para usar quando retiramos do varal ou 20 min. antes do treino (mas com o kimono limpo, bem lavado). Senão não dá!!!

  5. Wagner R Silva at 8:55 am

    Houve um dia que lavei meu kimono somente ao avesso. Aparentemente estava limpo. Resultado: a lapela (gola) dele estava fedendo. Portanto, lavem seus quimonos dos dois lados porque na técnica de ne waza ou no rola (do jeito que quiserem falar) o suor do companheiro de treino sempre gruda no kimono.

Deixe uma resposta para Wesley Nogueira Rodrigues Cancel comment reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *