Rodolfo Vieira comenta mudança de categoria no Jiu-Jitsu: “Vou melhor ainda no absoluto”

Share it
Rodolfo Vieira ataca as costas e finaliza no pescoço no Brasileiro de Equipes 2012. Foto: Gustavo Aragão/GRACIEMAG

Rodolfo Vieira, faixa-preta da GFTeam. Foto: Gustavo Aragão/GRACIEMAG

A temporada da fera Rodolfo Vieira vinha sendo sensacional, com títulos em Abu Dhabi e na Califórnia, mas uma lesão no joelho travou sua ida ao ADCC, que ocorreu na China. O faixa-preta da GFTeam não se abalou, caiu dentro da fisioterapia, para ficar novo em folha, e já traça novos planos para a carreira:

“Estou treinando devagarzinho, mas ainda falta fortalecer o joelho. Antes estava fazendo muito ultrassom, laser e acupuntura. Agora vou retornar à fisioterapia para fazer o fortalecimento mesmo. Estou treinando leve, só para movimentar mesmo, fazendo aquela guardinha aberta”, disse aos risos em papo com GRACIEMAG.

Com três títulos mundiais nos pesados, Rodolfo decidiu mudar de categoria para o ano que vem e destrinchou o porquê da mudança:

“Cara, eu luto de pesado 89-90kg desde que eu tinha 16 anos e agora estou ficando mais velho e forte, então esta difícil manter o peso. Já venho nesta batalha de bater o peso desde 2011, dependendo de lutar o absoluto, ganhar as lutas, para ficar com o peso certo e lutar a categoria. Estava ficando meio puxado para mim. E para o Mundial do ano que vem, eu vou de superpesado. Está quase certo já”

“Tenho certeza que vou lutar o absoluto melhor ainda. Todos os abertos que lutei em 2011, 2012 e 2013 eu não estava me alimentando direito, tinha que comer pouquinho, porque eu não sabia se iria conseguir ganhar as lutas, então não sabia se perderia o peso. Ficava com mais este problema em cima, aí eu disse: ‘sabe de uma coisa, vou lutar o absoluto primeiro alimentado mesmo e vamos ver o que vai dar’”, completou o atleta de 24 anos.

Questionado sobre possíveis adversários que possa enfrentar na divisão superpesado, como o atual campeão mundial Bernardo Faria, Rodolfo explicou:

“Longe de mim, não vou subir de categoria para tirar título de ninguém. Se eu pudesse continuar na minha iria continuar, mas está ruim para mim. Apesar de eu ser muito baixo, a minha estrutura é muito pesada. Eu e Bernardo já lutamos várias vezes, mas ele é o top do superpesado. O Bernardo e o Léo Leite estão sempre nas cabeças. Tem outros bons nomes na categoria, mas mencionei eles por serem campeões mundiais. Tem outros nomes duros também”.

5_KORAL_RodapeVIP_8501

Ler matéria completa Read more
There are 8 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *