Do baú: há 10 anos, a consagração de Marcio Pé de Pano no Jiu-Jitsu

Share it
Marcio Pé de Pano em ação no Jiu-Jitsu.  Foto: Mike Calimbas

Marcio Pé de Pano em ação no Jiu-Jitsu. Foto: Mike Calimbas

Dono de uma das guardas mais respeitadas da história recente do esporte, o faixa-preta Marcio “Pé de Pano” Cruz entrou para a história do esporte em 2003.

Foi há uma década que o ídolo da Gracie Barra conheceu o auge na carreira, quando conquistou o bicampeonato absoluto do Mundial de Jiu-Jitsu, feito raríssimo, e de quebra venceu seu título no ADCC, no
Ibirapuera, em São Paulo.

Naquele ano de 2003, o feito de Cruz ficou marcado pela final de Mundial que fez contra Roger Gracie, seu jovem colega de academia. A luta foi um divisor de águas. Pé venceu Roger ao passar a guarda e conquistou o ouro absoluto.

Já no ADCC, o peso pesadíssimo cruzou com outro ídolo da nova geração, Fabricio Werdum. Mais uma vez, precisou mostrar por que era candidato a lenda do esporte, e fez este lutão abaixo, dominando o hoje astro do UFC. Veja:

http://www.youtube.com/watch?v=C-r6Z5hs2Ss

Como os dois rivais citados, Pé de Pano também se aventurou no UFC, no ano de 2006. Após amassar Frank Mir, o brasileiro perdeu duas vezes seguidas e deixou o evento.

Em 2010 e 2012, o professor que hoje mora na Flórida motivou-se a retornar ao palco maior do Mundial da IBJJF. E fez bonito em 2012, quando ficou com o bronze na categoria, perdendo somente para o monstro Marcus Buchecha, e em luta apertada.

Sempre gaiato, Pé é famoso por suas tiradas bem-humoradas. “Jiu-Jitsu é igual a andar de bicicleta, a gente nunca esquece”, nos ensinou certa vez.

Hoje, com 35 anos, o carioca segue a carreira no MMA. Com um cartel de oito vitórias e três derrotas, está no M-1 Global, evento russo em que atuaram Fedor Emelianenko e outras lendas.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *