Patolino e a estratégia para o UFC 168: “Vou fazê-lo andar para trás”

Share it

Patolino volta a atuar no UFC. Foto: UFC/Divulgação

Vice-campeão do “TUF Brasil 2”, Willian “Patolino” Macário vai voltar ao octagon no UFC 168, em Las Vegas, dia 28 de dezembro, no mesmo card de Anderson Silva x Chris Weidman.

O meio-médio enfrenta o experiente Bobby Voelker, que vem de duas derrotas duras e precisa vencer na organização.

Patolino recebeu a ligação de Ed Soares, seu empresário, confirmando o duelo contra Voelker no UFC 168, exatamente como ele havia solicitado. A notícia não chegou a ser uma surpresa, mas a alegria foi imensa:

“Na verdade, eu já estava na expectativa de lutar nesse evento, tinha pedido ao meu empresário para falar com a organização que eu queria lutar logo. Passou um tempo e o Ed ligou para cobrar. O Joe Silva falou para ele ficar tranquilo que não tinha esquecido do seu garoto. Quando foi quarta de tarde, Ed me ligou para falar que fechou a luta, e fiquei amarradão. Lutar no card do Anderson, para mim, é uma honra muito grande, o cara é meu ídolo no esporte, sempre me espelhei nele. Todos os olhos do mundo estarão voltados para esse dia e vai ser muito importante para mim”, comemora Patolino.

Sobre seu adversário, o astro do “TUF Brasil 2” conhece bem seu estilo de luta e revela que toda sua equipe já está analisando vídeos para estudá-lo. Voelker vem de duas derrotas no UFC: uma por decisão para Patrick Côté, em março, outra para Robbie Lawler por nocaute, em julho. No que depender de Patolino, a amarga sequência de seu adversário vai continuar. O brasileiro ainda garante ter uma surpresa para os fãs.

“Sei que ele é um striker, mas faz um pouco de tudo, é completo e experiente. Eu vou para cima, vou fazê-lo andar para trás. Ele vem de derrota para o Côté e para o Lawler, e agora vai perder para o Willian Patolino (risos). Tem uma surpresa que estou guardando para a galera, no dia vocês vão ver”, avisa.

William Patolino cogitou se preparar para o duelo nos Estados Unidos, mas desistiu e fará todo seu camp na Pejor, academia do bairro da Tijuca, zona norte do Rio. Ele contará com a ajuda de seus treinadores Zeilton Nenzão (boxe) e Anderson Silvério (Jiu-Jitsu), além do líder da equipe Pedro Silveira e o especialista em muay thay Washington “Washingthai” Luiz.

UFC 168

Las Vegas, Estados Unidos

28 de dezembro de 2013

Chris Weidman x Anderson Silva

Ronda Rousey x Miesha Tate

Travis Browne x Josh Barnett

Gleison Tibau x Michael Johnson

Dustin Poirier x Diego Brandão

Chris Leben x Uriah Hall

Dennis Siver x Manny Gamburyan

Jim Miller x Fabrício Morango

Bobby Voelker x William Patolino

Guto Inocente x Shane del Rosario

(Fonte: Assessoria de imprensa)

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *