Dança das cadeiras: Lyoto, Sapo e Thales Leites com novos adversários no UFC

Share it

Rafael Sapo faz o primeiro “main event” de sua carreira no UFC. Foto: Carlos Arthur Jr.

Que o UFC é imprevisível todo mundo sabe. Os card, os locais de realização, a ordem dos eventos, a maioria das coisas que ocorrem no Ultimate são difíceis de se prever com exatidão. No assunto em questão, um atleta se lesionou e três brasileiros tiveram novos oponentes designados na organização, e isso em menos de dez dias. Vamos recapitular a dança das cadeiras.

Primeiro, Michael Bisping sofreu uma lesão no olho enquanto treinava para encarar Mark Muñoz no UFC em Manchester, Inglaterra. Como substituto, Dana White escolheu Lyoto Machida, que já se preparava para enfrentar Tim Kennedy no UFC: Fight for the Troops, que será realizado 11 dias depois da edição na terra da rainha. Uma luta ficou vaga, e é aí que mais dois brasileiros se deram bem no jogo.

Rafael Natal, que enfrentaria Ed Herman no UFC 167, dia 16 de novembro, foi designado a fazer sua primeira lua principal no UFC ao encarar o “carente” Tim Kennedy, que desafiou todos os atletas que podia em sua categoria (e até alguns que não são da divisão) para não ficar sem lutar. Quase fechada a equação, faltava apenas oponente para Ed Herman. Pois é, faltava.

Thales Leites, vindo de importante vitória sobre Tom Watson em seu retorno ao Ultimate, tem contra Herman, que também venceu em seu retorno à organização, mais uma chance de conquistar seu espaço na divisão de pesos médios do Ultimate. Thales, ex-desafiante ao cinturão de médios do UFC, contra o ex-campeão Anderson Silva, ficou longe do Ultimate de 2009 até este ano.

E você, leitor, qual luta você achou mais interessante nessa brincadeira de sai um, entra outro? Comente conosco!
Assine e Leve um Kimono Koral Exclusivo

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *