“O giro só faz sentido se estiver em busca do melhor ajuste e da finalização”

Share it
Flavio Canto arrocha o braco Foto COB

O campeão de judô Flávio Canto arrocha o braço: jogo baseado no giro. Foto: COB/Divulgação

A GRACIEMAG #199, nas bancas de todo país, traz uma discussão útil para todo e qualquer praticante de artes marciais, ao longo de nossa reportagem de capa.

Nesta edição de sua revista de Jiu-Jitsu favorita, o campeão Flávio Canto reforça a diferença entre dois estilos na luta: “Existem dois caminhos para o treinamento de chão. Um se concentra em posições fortes e eficientes. O outro, o que mais me agrada, é fluir”, estabelece o medalhista olímpico de judô.

Na reportagem sobre o giro e o Jiu-Jitsu, estrelada também por Ronaldo Jacaré e com menções a Vitor Shaolin, Léo Vieira e, claro, Rickson Gracie, Flávio nos ensina: “Giro não é sinônimo de piruetas e malabarismos. Ele só faz sentido se estiver sempre em busca de um ajuste melhor, da finalização, da vitória. A mágica é ser dinâmico o tempo inteiro”.

Já pensou em incutir um pouco mais de giro para surpreender nos treinos? Garanta já sua GRACIEMAG e veja como esta edição pode mudar sua cabeça, e seu estilo.

Se preferir assinar, clique no banner abaixo. Mas seja dinâmico, pois a promoção que dá um kimono Koral grátis não vai durar muito.

Assine e Leve um Kimono Koral Exclusivo

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *