Faça como Bruno Bastos e inscreva-se no Mundial de Masters e Seniors

Share it

Bruno passa a guarda em torneio de Jiu-Jitsu. Foto: Gustavo Aragão/ GRACIEMAG

Competidor veterano da Nova União, o professor Bruno Bastos nem começou a curtir sua “aposentadoria” dos Mundiais no adulto, e já está inscrito no próximo Mundial de Masters e Seniors, na Califórnia. O evento da IBJJF está marcado para 5 e 6 de outubro, na Pirâmide Walter em Long Beach. Se você também quer participar, a inscrição vai somente até 27 de setembro. Veja como se inscrever no site da IBJJF, aqui.

Esta será a segunda apresentação de Bruno no campeonato. Com um bebê recém-nascido, a motivação do faixa-preta é ainda maior para deixar a família orgulhosa. Veja o que ele planeja para o torneio:

GRACIEMAG: Você se aposentou das competições de adultos este ano, ao entregar sua faixa para Marcus Buchecha, que havia vencido você. Como está sendo esta fase na sua vida?

BRUNO BASTOS: Olha, ainda me vejo competindo os torneios abertos da IBJJF, mas, no momento, não me vejo competindo como adulto no nível do Mundial ou do Pan. Eu teria de sacrificar muito a família e os alunos, e já fiz isso demais. Peguei minha faixa-preta antes dos 21 anos, e hoje tenho 33, então foi uma longa jornada, em que enfrentei a maioria dos grandes campeões. Agora quero ganhar o Mundial de Masters, mas o maior título para mim é deixar a minha família e os meus alunos orgulhosos. Não tem preço quando as pessoas me agradecem por ter mudado a vida delas graças ao Jiu-Jitsu!

A chegada de um novo membro da família mudou suas prioridades?

Claro, não vou mais viajar todo mês, pois quero estar com meu filho e minha mulher a maior parte do tempo. Preciso continuar indo para os grandes torneios, e na verdade até tenho esperanças de ser convidado para o ADCC 2013. Isso seria ótimo, depois de entregar minha faixa ao Buchecha, ter o reconhecimento deles depois de tantos anos. E eu iria para vencer!

Você está fazendo algo diferente para se preparar para o Mundial de Masters e Seniors?

Só treinando muito com meus alunos e fazendo muito condicionamento com o Giulliano Gallupi, e habilidade mental com o faixa-preta Gustavo Dantas. Combates de seis minutos devem ser feitos com intensidade. Inclusive, caso aconteça de eu ir para o ADCC, preciso estar preparado para lutar na China.

Está ansioso por algo nessa competição de veteranos?

No Mundial de Masters, além do ouro, quero ver os meus alunos se darem bem. Ano passado tive um aluno competindo, e ele levou o ouro. Desta vez serão dez, então seria o máximo se todos terminassem com medalha. Também quero rever os velhos amigos da Nova União e das outras escolas. Difícil escolher o que me deixa mais ansioso.

Lembre: inscreva-se hoje no Mundial de Masters! Clique aqui.

Ler matéria completa Read more

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.