Escalado no Manaus Open de Jiu-Jitsu, Carlos Holanda dá dicas para vencer na faixa-preta

Share it

Carlos Holanda está pronto para o Manaus Open. Foto: Divulgação

Após revelar grandes nomes do Jiu-Jitsu, o estado do Amazonas recebe neste sábado, 7 de setembro, a primeira competição internacional da IBJJF. O ginásio Ninimberg Guerra será o palco do 1° Manaus Open.

Carlos Holanda, o Esquisito, está escalado para defender o time local da Checkmat. Em conversa com GRACIEMAG, o peso-pena de 34 anos falou sobre os treinos e distribuiu lições para você aprimorar sua guarda.

GRACIEMAG: Como é poder lutar por uma medalha da IBJJF dentro de casa?

CARLOS HOLANDA: É bom demais, ainda mais com os amigos assistindo. Faz tempo que não participo de uma competição em Manaus. É um título que ainda não tenho, vou partir para dentro com raça. Este ano fiz a final do Europeu e a final do Brasileiro, e no Mundial caí nas oitavas contra o Ary Farias, em luta que acho que venci. Meu ano está regular, espero que melhore com o título do Manaus Open.

Como você se preparou para vencer a categoria pena?

Hoje não treino como antes, mas mesmo assim arrumo tempo para me dedicar com força ao Jiu-Jitsu. Faço dois treinos de dia e de noite, e por vezes puxo ferro na musculação. E gosto de me alongar muito. Isso faz diferença na minha guarda. A galera dessa divisão conhece muito meu jogo, mas vou atuar por cima e por baixo. Tenho procurado treinar muitas posições depois do treino, principalmente defesa do berimbolo. Se eu lutar como treino, as lutas serão bem legais.

Qual é sua grande dica para os jovens lutadores?
A dica é ficar sempre atualizado. Treinar certo e comer bem são outros pontos. Respeite seu corpo, descanse bem após os treinos e pratique muita repetição das posições. Ame o esporte, e preze suas conquistas.

E o macete para ter uma guarda afiada no Jiu-Jitsu?

Vejo muitos faixas-brancas fazendo posições mirabolantes e deixando o básico para trás. Para ter uma guarda boa você deve treinar reposição e saída de quadril. Depois você aprimora os ataques. E o ingrediente final é o alongamento, que é o exercício fundamental do Jiu-Jitsu. Eu me alongo por uma hora. Ah, e para deixar as pernas fortes, muita escada. Sempre subi escada junto com o Bibiano Fernandes.

Ler matéria completa Read more
There are 2 comments for this article

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *