Neiman Gracie e os treinos para a estreia no MMA: “Sobrenome não ganha luta”

Share it

Neiman Gracie agora vai calcar as luvas. Foto: Aquivo Pessoal

O faixa-preta Neiman Gracie, 24 anos, decidiu deixar o pano um pouco de lado para iniciar a carreira no MMA este ano.

Com o tio Renzo Gracie e os primos Rolles, Igor e Gregor, a nova promessa da família vem treinando forte em Nova York. Filho do faixa-coral Marcio “Macarrão” Stambowsky e de Carla Gracie, Neiman vai fazer sua estreia contra Darren Costa, dia 14 de setembro, no WSOF, em Nova Jersey.

Em conversa com GRACIEMAG, Neiman comentou seu estilo e os treinos para a estreia:

“É claro que eu sempre vou preferir levar para o chão, mas estou pronto para lutar em pé também, contra qualquer um. Eu treino de tudo. Não sei muito sobre o meu oponente, mas estou preparado para qualquer circunstância. Independente de vitória ou derrota estou feliz de estar realizando um sonho de criança, e estar dando continuidade ao nome Gracie no esporte”, disse ele.

Campeão do Pan de Jiu-Jitsu duas vezes na faixa-roxa, o carioca destrinchou como trabalha sua mente antes das competições:

“Apenas tento não pensar muito na questão de ser um Gracie, eu treino duro. Sobrenome não ganha luta, sou um cara normal como qualquer outro”, reflete a fera.

Sobre as lições que tem aprendido com o pai Macarrão, grande guardeiro dos anos 1970, e do tio Renzo, o jovem lutador falou:

“Todo dia eu evoluo nos treinos aqui em Nova Jersey. Meu pai sempre foi guardeiro e raspador, então desde pequeno me sinto bem à vontade fazendo guarda. Quanto ao Renzo, o maior ensinamento que ele me passou sem saber foram as ações dele como ser humano. Ajude o próximo sem esperar nada em troca. Nos treinos, tomei um amasso inesquecível dele semana passada [risos].”

Com a família recheadas de craques no MMA, Neiman Gracie revelou quem são os atletas que mais lhe inspiram.

“É difícil falar, são tantos caras duríssimos. Porém, minha lista tem nomes indispensáveis, como Carlson, Rolls, Rickson, Renzo Gracie e outras feras”, encerra.

Ler matéria completa Read more
There is 1 comment for this article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *