UFC BH: Glover Teixeira e Ronaldo Jacaré detonam e se aproximam dos cinturões

Share it

Glover observa Bader, caído após sentir o peso de sua mão. Foto: Josh Hedges / Zuffa LLC via Getty Images

Mais um evento do UFC foi apresentado numa noite de quarta-feira. Desta vez em solo nacional, o UFC: Glover vs Bader, apresentado no Ginásio Mineirinho, em Belo Horizonte, chegou para carimbar uma possivel luta pelo cinturão apra dois grandes atletas brasileiros. No evento principal da noite, Glover mostrou sua mão pesada mais uma vez ao nocautear Ryan Bader. Já no coevento, Ronaldo Jacaré não precisou fazer uso de seu apurado Jiu-Jitsu para superar Yushin Okami ainda no primeiro round. Veja os destaques:

Glover Teixeira vs Ryan Bader
A luta principal levantou a galera. Aclamado pelo público presente no Mineirinho, Glover Teixeira tinha uma missão complicada: vencer o campeão da oitava edição do “TUF”, Ryan Bader. A luta, válida na divisão de meio-pesados do Ultimate, representava mais um degrau na escalada até o cinturão, atualmente na mão de Jon Jones.

Não foi preciso mais de um round para a definição do vencedor, mas os quase 3min de lutas foram repletos de emoção. No início do combate, Bader conseguiu encaixar bons golpes em Glover, que parecia ter acusado indo até para as pernas. Glover conseguiu derrubar, mas o americano viu a brecha e se levantou.

Em pé, Bader voltou decidido a nocautear, e soltou dois duros golpes sobre Glover. O brasileiro parecia estar quase nocauteado, mas surgindo numa reação inesperada, Glover soltou dois cruzados, um de esquerda e um de direita, levando Bader a lona, faltando apenas confirmar a vitória atacando no solo.

Com a conquista de forma convincente, pré-requisito de Dana White, Glover se coloca a um passo de disputar o cinturão dos meio-pesados.
Ronaldo Jacaré vs Yushin Okami
No coevento principal da noite, Ronaldo Jacaré rastejou na subida do cage para encarar o duro japonês Yushin Okami. O ex-campeão do Strikeforce tinha pela frente o ex-desafiante ao título de médios do UFC que vinha embalado por três vitórias na organização, sendo as duas últimas sobre Alan Belcher e Hector Lombard, respectivamente.

Campeão mundial de Jiu-Jitsu, Jacaré entrou para trocar em pé contra Okami, não fazendo uso de sua técnica lapidada no pano. Logo nos primeiros minutos, Jacaré acertou belo golpe e obrigou Okami a se abaixar, desferindo uma sequência de rápidos e potentes socos. O japonês, duro que só, resistiu ao castigo e se manteve vivo no embate.

Ainda fazendo as melhores investidas em pé, Ronaldo Jacaré soltou um cruzado de direita que desnorteou o japonês, que caiu praticamente de lado. Por cima, no solo, Jacaré não pensou em finalizar e terminou a luta na mão. Vitória antes dos 3min do combate.

Após a luta, Ronaldo agradeceu o apoio da torcida e aproveitou para se desculpar, por não ter comemorado da maneira característica:

“Peço desculpas aos fãs por não ter feito o “nado do jacaré”. Dei um chute na luta e acho que machuquei o meu pé”, disse o atleta, antes de sair mancando, mas com a vitória, do octógono.

Já na coletiva, quando perguntado se enfrentaria Anderson Silva pelo cinturão dos médios, Jacaré não pensou duas vezes:

“Não enfrento o Anderson. Ele treina comigo e eu me sentiria um traidor. Mas tirando ele, eu encaro qualquer um no meso médio ou até no meio pesado”, disse confiante o faixa-preta.

Outros destaques ficaram com a batalha de Jiu-Jitsu travada entre Rafael Sapo e Tor Troéng, para a finalização do striker Lucas Mineiro, que apagou Junior Hernandez no mata-leão, e para a justa kimura de Piotr Hallmann sobre o brasuca Francisco Massaranduba.

Confira os resultados:

UFC Fight Night: Glover vs Bader
Ginásio Mineirinho, Belo Horizonte, MG
4 de setembro de 2013

Glover Teixeira venceu Ryan Bader por nocaute técnico aos 2min55s do R1
Ronaldo Jacaré venceu Yushin Okami por nocaute técnico aos 2min47s do R1
Joseph Benavidez venceu Jussier Formiga por nocaute técnico aos 3min07s do R1
Piotr Hallmann finalizou Francisco Massaranduba na kimura aos 3min50s do R2
Rafael Sapo Natal venceu Tor Troéng na decisão unânime dos jurados
Ali Bagautinov venceu Marcus Vinicius Vina por nocaute técnico aos 3min38s do R3

Card preliminar

Kevin Souza venceu Felipe Sertanejo na decisão dividida dos jurados
Lucas Mineiro finalizou Júnior Hernandez no mata-leao a 1min10s do R1
Elias Silvério venceu João Zeferino na decisão unânime dos jurados
Ivan Batman venceu Keith Wisniewski na decisão unânime dos jurados
Sean Spencer venceu Yuri Villefort na decisão dividida dos jurados

Assine GRACIEMAG e leve um Koral

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA ASSINAR AGORA!

Ler matéria completa Read more

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *